Últimos artigos

Como escolher uma franquia perfeita para o seu investimento

Imagine essa situação: você pensa em empreender e decidiu que as franquias são a sua melhor opção. Mas com tantas opções de setores e redes, a decisão de qual franquia escolher não tem sido fácil.

Imaginou? Ou é isso que você tem vivido? Neste artigo você verá um roteiro simples e objetivo para ajudar escolher uma franquia perfeita para o seu investimento. Afinal, uma decisão importante como esta não pode ser tomada com base apenas na sua intuição, na sua paixão por determinado produto ou serviço ou por uma história de sucesso/fracasso que você ouviu por ai.

Investir em franquias é uma opção para muitos empreendedores que buscam ter o negócio próprio, mas sem ter de começar uma marca do zero. Isso porque começar do zero implica muito trabalho e burocracia, e as vezes o empresário quer cortar alguns caminhos. Com o modelo já formatado, os riscos acabam sendo menores, o que atrai muitos empreendedores. O investidor em franquias tem mais de duas mil oportunidades de negócio nos mais variados segmentos para escolher aquela que mais se aproxima de seu perfil.

74_escolher_franquia1

Como escolher uma franquia ideal e lucrativa

Antes de tomar qualquer decisão, é importante fazer uma pesquisa detalhada sobre o sistema e procurar entender como ele funciona. Depois, realize uma auto avaliação para ver se o seu perfil é adequado para ser um franqueado. Para isso, analise suas preferências, habilidades e motivos para querer ter um negócio e por que a melhor maneira de abrir esse empreendimento seria por meio de franquias. Quais são seus pontos fortes? E seus pontos fracos? Quais são seus sonhos? Em que ramo de negócio deseja atuar? O que lhe falta?

Concluída a análise, você deve partir para saber qual o ramo de negócio tem mais a ver com o seu perfil. Ou seja: dentro de um universo de mais de milhares de marcas, de segmentos variados, quais estão de acordo com as suas expectativas, desde o valor de investimento até os valores da empresa.

No portal do Franchising, é possível encontrar opções de franquias por segmento, investimento área, faturamento e outros filtros. Dê uma olhada.

Etapas na escolha de uma franquia

Vamos agora detalhar passo a passo as etapas para escolher uma franquia perfeita para o seu investimento. Veja aí:

1. Pesquisa e mais pesquisa

Anote as características importantes de cada setor que você está pesquisando. Isto vai te ajudar a entender melhor se você vai realmente gostar de administrar um negócio no setor ou se apenas gosta do produto.

Outro ponto importante a considerar é o investimento necessário. Existem alguns setores que exigem valores mais significativos de capital e outros que podem ser feitos de casa.

Neste ponto você já será capaz de eliminar alguns setores. No caso, por exemplo, dos investimentos necessários estarem muito acima do seu capital. Vá excluindo aqueles em que você não se vê fazendo todo dia.

Pense também na concorrência próximo aonde você quer implantar a franquia. Existem outras empresas que fornecem o mesmo serviço ou produto? Qual a avaliação dos clientes sobre elas? Em que sentido você pode melhorar a experiência dos clientes e/ou usuários?

Sem clientes em quantidade suficiente e com interesse e poder aquisitivo compatível com os produtos e serviços você terá para lhes oferecer, não há negócio que resista.

Depois de fazer um filtro inicial, definindo em qual ramo você preferiria atuar, procure conhecer as oportunidades que o mercado lhe oferece nessa área. Mesmo que esteja interessado em uma determinada marca X, procure compará-la com outras e verifique com cautela todos os dados do negócio – como investimento inicial, taxa de franquia, rentabilidade, prazo de retorno do investimento, entre outros aspectos.

2. Definição de prazos

A definição de prazos é importante para você se programar e definir prioridades. Além disso, a ausência de prazos pode levar à inércia: não queira ser aquele tipo de pessoa que fica anos à espera da franquia ideal.

Por outro lado, se esta vai ser uma decisão que vai comprometer grande parte do seu patrimônio pelos próximos anos, melhor gastar alguns meses a mais antes de tomar a decisão do que se arrepender por vários anos à frente.

3. Visualização dos aspectos relativos à gestão do negócio

O passo seguinte é identificar os aspectos importantes na gestão do negócio no futuro. Um bom ponto de partida é o próprio site das empresas: muitas franquias descrevem qual o tipo de franqueado que elas buscam, quais as características e habilidades importantes. Será que você se adequa?

No entanto, somente a pesquisa online não é suficiente. Visite lojas, teste os serviços, converse com pessoas que administrem o negócio que você está estudando. Tudo é válido para te ajudar a formar uma melhor opinião sobre a rotina e desafios de cada setor.

Na parte financeira, como são geralmente os retornos neste setor? Quanto tempo demorará para eu ter retorno do investimento ou para o negócio começar a ter lucro? Já na parte comercial, como é o reconhecimento da marca? O produto se vende sozinho ou precisará de um grande esforço meu? Existem muitos concorrentes na região?

Na parte de gestão, qual a complexidade da gestão de pessoas? Qual o nível exigido de qualificação dos funcionários? Tenho as competências necessárias para gerir os processos? Qual a dedicação que o negócio exigirá?

Na parte dos produtos, qual a minha identificação com o serviço ou produtos vendidos?

Cada pessoa valoriza diferentes aspectos com diferentes pesos. Uma pessoa pode descartar um setor que tenha uma rentabilidade mais alta caso o produto não seja condizente com os seus valores.

4. Consulta a respeito do histórico da franqueadora

Procure saber ainda quem são as pessoas que estão por trás daquele negócio. Se informe sobre a história da empresa franqueadora, dos seus sócios e fundadores e das pessoas que trabalham ali. Quem desenvolveu, quem estruturou e quem vai operar o negócio no dia a dia?

Da mesma forma, é recomendável avaliar a credibilidade das pessoas no mercado e o histórico de sucesso (ou de fracassos) dos integrantes da equipe do franqueador. Se conhecer ou tiver uma forma de entrar em contato com alguém que já teve ou tem experiência com a franquia, melhor ainda.

Após escolher uma franquia, os cuidados na hora de fechar negócio

Tendo em mente em que campo você vai atuar, é importante estudar com cautela alguns documentos, como a Circular de Oferta de Franquia (COF). Esse é um documento que, por lei, o franqueador deve entregar no mínimo 10 dias antes de assinar qualquer contrato ou efetuar qualquer pagamento. Neste documento, estão expressos os direitos e deveres de franqueados e franqueadores. Muitos franqueados têm o péssimo hábito de firmar o contrato sem ler a COF – e a maioria pode se arrepender disso depois.

Depois disso, analise bem o contrato. Nunca assine um contrato sem antes analisá-lo a fundo, com a ajuda de um advogado de sua confiança que entenda de contratos. Parece óbvio, mas é importante lembrar que você jamais poderá alegar em sua defesa que ignora qualquer cláusula do contrato.

É através do COF e do contrato que você terá uma noção maior sobre as normas e padrões definidos pelo franqueador. Portanto, seu papel como franqueado não será o de fazer as coisas à sua própria maneira. Se você acha que não conseguirá conviver com essas regras, então talvez seja melhor rever sua decisão de investir numa franquia. Mas se você gosta da ideia de replicar um modelo pronto e bem sucedido, vá fundo!

Uma dica: algumas franquias chegam a incluir um tipo de “test drive” para que o franqueado tenha a oportunidade de experimentar o dia a dia da operação antes de assinar o contrato. Quem sabe é uma boa oportunidade para você visualizar na prática se vai ou não se dar bem?

74_escolher_franquia2

Resumo para finalizar

No fim das contas, os setores mais adequados ao seu perfil serão aqueles com maior saldo de pontos positivos do que negativos. Esta é certamente a melhor maneira de escolher uma franquia de sucesso.

Este é um momento de exploração, no qual você deve buscar mais e melhores informações para tomar uma decisão mais consciente. Não se apaixone por um produto e tome a decisão sem considerar todos os aspectos envolvidos.

Uma outra dica é visitar feiras de franquia, como a realizada anualmente pela Associação Brasileira de Franchising.

Para finalizar, você viu neste artigo que:

1) Uma decisão importante como escolher a franquia perfeita esta não pode ser tomada com base apenas na sua intuição ou na sua paixão por determinado produto ou serviço;

2) Investir em franquias é uma opção para muitos empreendedores que buscam ter o negócio próprio, mas sem ter de começar uma marca do zero;

3) O investidor em franquias tem mais de duas mil oportunidades de negócio nos mais variados segmentos para escolher aquela que mais se aproxima de seu perfil;

4) Antes de tomar qualquer decisão, é importante fazer uma pesquisa detalhada sobre o sistema e procurar entender como ele funciona.

E ai, o que achou das informações? Já passou por essa experiência ou está pensando em entrar no mundo das franquias? Ficou alguma dúvida? Utilize o espaço dos comentários para nos ajudar a criar conteúdos ainda mais relevantes. Até o próximo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>