Últimos artigos

Incentivos do governo federal a novos empreendedores

 

Hoje em dia, alguns poucos brasileiros se encontram descrentes em relação a possibilidade de crescimento no Brasil. De certa forma, é sim difícil crescer, devido a ignorância e total desconhecimento em relação as possibilidades que o governo e também entidades privadas tem aberto aos brasileiros. Veja quais são alguns poucos exemplos de incentivo governamental a pretensos empreendedores.

 

Confome nos referimos na entrevista com a empresa Makaha, a taxa de mortalidade das pequenas empresas abertas no Brasil no primeiro ano é quase de 50%. Os motivos para que isso aconteça podem ser diversos: Mal planejamento de negócios, má administração, falta de profissionalismo e organização, inexistência de uma rede de contatos eficiente ou até mesmo, falta de capital para comprar produtos.  Mas e se você tiver a oportunidade de obtenção de capital para começar a gerir o seu negócio? Sim, é possível! No ultimo mês, em uma matéria amplamente divulgada na mídia, constatou-se que o governo tem estudado uma forma de incentivar os bancos a cederem créditos a micro empreendedores. Na verdade a concessão do crédito já acontece, mas em pequena proporção em comparação com empresas de sociedade limitada ou ME. O governo pretende diretamente auxiliar os “jovens” empresários na ascensão de suas startups no mercado brasileiro.

 

Em épocas de crise, como o caso da Grécia e a indisposição da comunidade europeia na concessão de empréstimos para os gregos, nosso país tem crescido de maneira regular e uniforme. Acho bastante interessante este contexto porque o Brasil sempre foi enxergado pelos estrangeiros como a terra do futuro e da promessa, mas eles entendiam que “nunca chegaríamos lá”. Estamos chegando, sim, e com bastante força! Veja o contraste enquanto o caso da Grécia: Os gregos estão lutando para conseguir aporte da UE no valor de €12 bilhões de euros, em meio a diversas exigências e exclusividades que todo empréstimo necessita. O Brasil possui, hoje, uma reserva internacional de mais de U$300 bilhões de dólares. Fomos o ultimo país a entrar na crise de 2008 e o primeiro a sair. Mesmo na crise, como um exemplo, nosso setor de construção civil cresceu 12% em 2009. Ou seja, é mais do que inegável o crescimento do Brasil em seus diversos meios de produção. Como sempre repito: sempre é dia para poder investir e inovar, temos o apoio necessário do governo para isso.

 

E como você entra nessa história?

 

Esse é o momento para investir em suas ideias. É o momento para criar e desenvolver novos negócios para suprir a demanda de uma sociedade cada vez mais rica, com cultura(nossa sociedade cada vez mais lê e procura informação de qualidade), exigente quanto a bens de consumo e principalmente a cada dia mais ligada a tecnologia. Vamos começar a enxergar o Brasil com o seguinte ponto de vista: Criar projetos e/ou instituições que possam desenvolver uma logística de solução de problemas entre alguém que precisa de algo e o que você pode fornecer.

Os caminhos que você pode seguir:

 

Tudo na vida é baseado em informação e conhecimento. Quanto mais conhecemos, mais oportunidades e possibilidades criamos em relação a novos projetos. Por isso, se você não enxerga novas oportunidades, é porque não conhece algo que poderia solucionar esse problema. Se você já tem um negócio ou pretende criar um novo, apresento para você este projeto sensacional que foi desenvolvido pelo SEBRAE, o EMPRETEC.

 

Empretec


De acordo com o site oficial do Empretec:

O que é?

O EMPRETEC é um seminário que tem por objetivo desenvolver, nos participantes, características de comportamentos empreendedores. O programa foi desenvolvido pela ONU – Organização das Nações Unidas visando o fortalecimento destas características empreendedoras. O participante deverá primeiro identificar seu potencial empreendedor e verificar quais são seus pontos fortes e fracos.

 

Público Alvo

Empresários e/ou pessoas interessadas em montar seu próprio negócio. Também podem participar profissionais liberais, funcionários de empresas diversas.”

 

Ou seja, você terá a oportunidade de conviver com pessoas que tem interesses semelhantes, além de receber instruções de capacitados profissionais da área dispostos a compartilhar conhecimento. O Empretec seguramente irá trazer crescimento profissional em sua vida, desde que você trabalhe e deseje, com afinco, a oportunidade de crescer.

 

O empretec está focado na capacitação do profissional frente a um novo projeto, mas em se tratando de financiamento e criação de recursos? Você sabia que o governo financia áreas no setor de tecnologia? Você precisa conhecer a FINEP – Financiadora de estudos e projetos. A missão da FUNEP é a de “Promover o desenvolvimento econômico e social do Brasil por meio do fomento público à Ciência, Tecnologia e Inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas.” Se você tem uma empresa ou um negócio baseado em sistemas de informação, tecnologia da informação, ciências e projetos voltados nessa área, certamente fará diferença em seu negócio receber instruções da FINEP.

 

 

Finep

 

As áreas de investimento do governo são imensas, sendo necessário antenar-se perante as informações veiculadas na midia sobre as atividades do governo federal. Um outro exemplo é o incentivo governamental pela exportação de produtos de pequenos e médios empreendedores, através do programa “Plano nacional de cultura exportadora”:

 

[youtube]2867kW6l3cM[/youtube]

 

Vocês conhecem algum outro projeto ou programa gerenciado pelo nosso governo? Quais são as áreas de atuação deste projeto?

 

Blogueiro, entusiasta do marketing digital e apaixonado por Psicologia. Quer compreender o verdadeiro significado da expressão "Viver em excelência". Sua meta é viver com qualidade ajudando várias pessoas. E claro, ganhando dinheiro com isso. Confira meu perfil Google+.

Um comentário

  1. quero montar uma industria placas solares eletricas vcs podem me ajudar ,flaviots1.6@hotmail.com 3799187236

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>