Últimos artigos

Os tipos de negócios online que realmente funcionam

Se você está pensando em iniciar seu próprio negócio através da internet, sem correr grandes riscos, saiba que existem formas de conhecer as melhores opções. Vamos mostrar neste artigo como fazer uma avaliação a respeito de negócios online, pra saber se realmente funciona na internet.

Não basta só atrair clientes e vender, visto que todo negócio precisa ser muito bem sustentado para durar muito tempo.

Vamos lá?

77_negocios_que_funcionam1

Pesquisas de comportamento e empatia para negócios online

Os melhores negócios online são aqueles que atendem uma demanda específica de um grupo. Por isso, é interessante começar pensando com a cabeça do cliente: o que ele deseja comprar que não possui tantas opções ou variedades? Qual é a demanda do mercado? Nas pesquisas de comportamento sobre sites e lojas virtuais, são feitas tentativas de compreender o processo de tomada de decisão do comprador, tanto individualmente como em grupos. Essa pode ser uma forma de validar sua ideia inicial. Ela estuda as características dos consumidores individuais, tais como variáveis ​​demográficas e de comportamento em uma tentativa de compreender os desejos das pessoas. Além disso, ela tenta avaliar as influências sobre o consumidor de grupos como família, amigos, grupos de referência, e a sociedade em geral.

Esse mecanismo é válido para descobrir que tipos de negócios funcionam na Internet independentemente do modelo inicial que você tenha em mente, seja para vender um produto próprio ou oferecer um serviço pronto, como as franquias. Quando você se coloca na posição do leitor ou consumidor, você compreende melhor o que funciona online e o que definitivamente não funciona. Ou pelo menos pode tentar.

Sem dúvida, os melhores negócios online são aqueles que atendem à demanda do consumidor. Por exemplo, se a sua ideia de negócios é algo mais relacionado à informação do que solução ou necessidade, as chances são bem maiores para o insucesso. Ou seja, se você não oferecer algo que supra suas necessidades, certamente seu negócio online está fadado ao fracasso.

Outro ponto a ser levado em consideração é a capacidade de prender e segurar o leitor dentro da plataforma digital. Além de oferecer um bom produto ou serviço, você deve se perguntar: qual o comportamento de um consumidor quando ele está buscando algo na internet? O que faz ele conhecer a fundo a sua página? Quando o internauta acessa um site, ele tenta perceber em poucos segundos se o site oferece o que ele está buscando ou não: se ele percebe que o site não oferece o que ele está buscando, ele abandona o site e vai pulando de site em site pela web, tentando encontrar o que está procurando.

Se seu site não se posicionar de forma a entender e auxiliar o internauta de alguma forma, ele não lhe dará chance alguma.

Exemplos e tipos de negócios online

Há inúmeras oportunidades de negócios na comercialização de produtos digitais (e-books, vídeos, MP3 e áudio em geral, cursos online, consultoria online, coaching, entre outras modalidades que podem ser transmitidas ou exercidas online). Veja alguns exemplos.

1. Lojas Virtuais – Esse é o negócio que tem um mercado bem extenso, mas que é dominado pelos grandes nomes tradicionais, geralmente, as grandes redes físicas que se adaptaram ao digital, como Americanas, Ponto Frio, Magazine Luiza, e por aí vai.

2. Criação, desenvolvimento e personalização de sites – Quando pensamos em internet pensamos logo em sites. Não são todos que tem paciência de aprender a criar um site, blog ou loja virtual então eis ai um mercado de criação, manutenção e personalização.

3. Criação de cursos digitais – Empacotar o seu conhecimento e vender é uma excelente forma de trabalhar online. Produzir cursos digitais é uma maneira muito inteligente de empreender já que não há a necessidade estoque, o produto é facilmente reproduzido e a entrega é feita por download.

4 – Programas de Afiliados – Nessa forma de trabalho online, o afiliado basicamente tem o objetivo de recomendar os produtos de terceiros em troca de comissões. Existem diversos tipos de programas de afiliados com formas variadas de remuneração.

5. Blogs – Quer exemplo melhor que o EmpreendedorX? O trabalho com blogs consiste em constantemente escrever artigos oferecendo conteúdo de valor que vá ajudar outros e trabalhar ou usar um produto ou serviço, além de conteúdos ligados ao bem estar ou que seja de interesse do público alvo. É de suma importância a definição de um nicho de mercado.

6. Venda de Domínios – Negócio ainda não tão popular no Brasil mas que pode muito em breve vir a ser um grande mercado. Há casos de pessoas que chegam a ganhar uma fortuna na internet com a venda de um único domínio. Como não se trata de muito dinheiro para adquiri-los e sua renovação é anual, é um interessante investimento.

7. Canais no YouTube – Vídeos são a grande tendência da internet e o YouTube é o grande cinema mundial dos vídeos. Os canais são levados a sério e é feito um trabalho bem profissional para que o número de inscrições no canal aumente, assim como as visualizações dos vídeos.

Mais exemplos

Quer mais opções? Veja esse levantamento feito pelo IBISWorld, instituto de pesquisa americano, identificou quais são os mercados de mais rápido crescimento nos Estados Unidos. Certamente eles têm uma influência aqui no Brasil também. O levantamento leva em consideração a receita anualizada desde 2008 e o desempenho esperado até 2018. Veja aí:

1. Games para redes sociais – Os jogos para redes sociais já se provaram altamente viciantes para muitos usuários. Com o crescimento do número de smartphones, este mercado deve crescer 134,4%, segundo o estudo. Os pesquisadores projetam que o mercado tenha um crescimento de 16,9%, ao ano, nos próximos cinco anos.

2. E-books – A explosão nas vendas de tablets e celulares impulsiona o mercado de livros digitais. Segundo os pesquisadores, as editoras de e-books aproveitam títulos que já existem e novas obras no formato digital para expandir. O crescimento deve ser de 88,3%, com receita em 2013 de quase 7 bilhões de dólares.

3. Redes sociais próprias – As redes sociais já são um fenômeno e o futuro parece continuar brilhante. Para os pesquisadores, sites como Facebook e Twitter encontrarão novas formas de ganhar dinheiro e continuarão crescendo em números de usuários. Só no Brasil, segundo o Ibope, são mais de 46 milhões de pessoas nas redes sociais. O crescimento anualizado da receita deve ser de 74,4%.

4. Venda de moda online – Sapatos e roupas devem conquistar de vez seu lugar na web nos próximos anos. O mercado de calçados tem crescimento esperado de 17% e o de roupas, de 55,6%. Para os pesquisadores, os consumidores estão perdendo o medo de comprar este tipo de produto online, o que impulsiona o crescimento. Além dos grandes players, sites mais específicos e focados estão conquistando uma clientela fiel.

5. Pagamentos online – O mercado de pagamentos online cresce amparado pelo avanço do próprio comércio eletrônico. Novas marcas chegando ao e-commerce evidenciam a necessidade de novos softwares de processamento de pagamentos. O crescimento anualizado médio é de 43,2%. Além disso, estes novos softwares devem facilitar a compra através de celulares.

6. Venda de cartões online – Ainda pouco explorado no Brasil, o mercado de cartões comemorativos e convites online cresce rapidamente nos Estados Unidos, com receita na casa dos 3 bilhões de dólares, com crescimento anual de 40%.

7. Impressão de foto online – Os pesquisadores estimam que os sites para solicitar impressão de fotos online devem ter receita de mais de 2 bilhões de dólares neste ano, no mercado americano. No Brasil, já existem algumas empresas competindo neste mercado, que deve crescer 27,7% ao ano até 2018.

8 – Venda de móveis e decoração online – Assim como o mercado de moda, este segmento se beneficia da profissionalização dos sites, que tiram o receio dos consumidores em comprar móveis e objetos de decoração online. O crescimento, entre 2008 e 2018, deve ser de 13,8%, ao ano. Para 2013, este mercado deve contar com receita de quase 8 bilhões de dólares.

9. Sites de recrutamento – Segundo os recrutadores, os sites de recrutamento revolucionaram o mercado de empregos. Plataformas como Linkedin devem crescer rapidamente nos próximos cinco anos, chegando a quase 12% de avanço ao ano.

Observações e cuidados

Você já deve ter percebido muitas vantagens em desenvolver um negócio online, mas saiba que há também desvantagens de trabalhar pela internet. Uma delas é que tudo depende exclusivamente de você: nada vai acontecer se não houver um processo de aprendizagem e aplicação contínua.

O ser humano é imediatista e sempre tenta encontrar o atalho enquanto deveria se preocupar em conseguir adquirir conhecimento. Seja lá qual ou quais opções você achar interessante, não se preocupe tão loucamente em colocar em prática e sim em aprender as formas mais eficazes de fazer dar certo.

É recomendado a leitura de bons livros, e conhecer boas histórias para se inspirar a abrir o próprio negócio online.

77_negocios_que_funcionam2

Resumo para finalizar

1) Os melhores negócios online são aqueles que atendem uma demanda específica de um grupo;

2) Ao pensar em qualquer ideia de negócio na Internet, é fundamental que você faça uma avaliação do potencial de solução e preenchimento de uma necessidade que seu posicionamento possui;

3) Nada vai acontecer com sucesso se não houver um processo de aprendizagem e aplicação contínua.

E ai, o que achou das dicas e levantamentos que reunimos? Há algum ponto que queira destacar ou acrescentar? Utilize o espaço dos comentários e participe! Até o próximo artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>