Últimos artigos

Os primeiros passos rumo ao empreendedorismo digital

Normalmente a primeira coisa que nos vem a cabeça ao ouvir a expressão empreendedorismo digital é ganhar dinheiro na internet. E é verdadeira. Só que, como todo empreendimento, antes do ganhar dinheiro, vem muito, mas muito trabalho!

 É importante desmistificar a imagem inocente e errada de que um empreendedor digital trabalha pouco, ganha muito e que tudo acontece em piloto automático. Algumas pessoas até vendem que ganhar dinheiro na internet é fácil e rápido. A realidade é que é preciso muita dedicação e leva um bom tempo para começar a ganhar algum dinheiro em um negócio digital.

Os primeiros passos rumo ao empreendedorismo digital

O que não faltam são oportunidades. No Brasil existem cerca de 50 bilhões de usuários ativos na internet. E 38% dessas pessoas acessam à web diariamente. Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), as vendas no comércio eletrônico brasileiro cresceram 29% em 2012, movimentando R$ 24,12 bilhões! O brasileiro gasta cerca de 43 horas navegando na web por mês… Isso só no Brasil. No mundo,  a cada dia, 500 mil pessoas entram pela primeira vez na Internet, e 70% das pessoas consideram a Internet indispensável (Ibope 2012). É muita gente bem equipada, gastando tempo na internet.

Mas o que fazer para alcançá-los?

Para começar, entenda que empreendedorismo digital é um tipo de negócio para oferecer um produto ou um serviço através de um meio digital. Depois escolha o nicho de mercado, um segmento do mercado bem específico e claramente identificável, com o qual quer trabalhar. Procure algo que você goste muito, que tenha conhecimento sobre (pelo menos um pouco) e se tiver alguma experiência no assunto, melhor ainda.

Apesar de todo alcance da internet, ainda existem muitos nichos que não estão devidamente explorados. Afinal, há muitas pessoas que ainda não compram pela internet ou até que não têm acesso, mas logo mais estarão por aqui. Em 2011 foram gastos R$ 18,7 bilhões em compras online.Ainda assim, apenas 20% dos internautas brasileiros fazem compras na internet. Por isso, é importante desenvolver estratégias de marketing que possa atingir a camada de internautas que estão navegando por ai.

Qual nicho de mercado escolher?

Qual nicho de mercado escolher?

Escolhido o nicho de mercado, você deve escolher um meio para captar clientes. Pode ser com um blog ou através das redes sociais, consideradas uma das grandes ferramentas de marketing direto, pois as pessoas que curtem a sua página genuinamente gostam do que você oferece. Além do fator de pulverização da informação. Nas redes sociais isso é altamente eficaz.

 Seja criativo, original, diferente. Quando você desenvolve seu próprio conteúdo o site torna-se mais atraente não apenas para os internautas, como também para os sites de busca. Mantenha a página sempre atualizada e procure promover a interação dos seus visitantes, através de comentários no blog, promoções, opiniões diversas.

À medida que você consegue conquistar audiência para seu site, já é possível oferecer seu produto ou produtos de terceiros. Cuide para não perder sua audiência, é algo bem fácil e acontece com frequência. Para ter bons resultados na web, é necessário ter um bom produto ou serviço, entregar o que promete e gerar conteúdo que tenha conexão com o produto ou serviço.

Estude

“Se você acha que educação custa caro, tente ignorância então.” (“If you think education is expensive, try ignorance”) frase de Derek Bok que cabe muito bem aqui. Existe bastante conteúdo gratuito na internet sobre empreendedorismo digital, livros, blogs informativos, vídeos, tutoriais, tudo! Pesquise sobre a qualidade deles e leia o máximo que puder. E, mesmo que você tenha que pagar por conteúdo, conhecimento é o melhor investimento que existe, algo que com certeza retornará mais de 100x ao longo do tempo. Além desse estudo “informal”, pela internet, hoje muitas universidades oferecem cursos de graduação e pós-graduação na área.

 Como a internet é um meio rápido e dinâmico, muitas vezes os próprios internautas dão dicas importantes sobre o que funciona ou não e o que fazer para corrigir rotas. Então crie network. Converse com quem puder sobre o assunto, mas principalmente os especialistas. Vale compartilhar sua ideia com algumas pessoas que já estão há algum tempo no ramo, talvez eles já tenham passado pelas mesmas dificuldades que você e poderão te auxiliar! Mande emails para as pessoas, sem medo, elas podem tanto responder, como não, pelo menos você tentou.

O aprendizado e estruturação do seu negócio vão ser provavelmente as partes mais pesadas e mais difíceis. Se prepare para passar muitas das suas horas disponíveis fora do seu trabalho atual estudando, aprendendo, planejando e trabalhando em seus negócios online.

E, por fim, não tenha medo de errar. Todos passam por seus maus momentos antes de alcançar o sucesso. O importante é não desistir!

Este pode ser o empreendedor que está em todos nós. Pode ser eu, você, ou muitos de nós. O espírito empreendedor permeia a todos que desejam transformar a sua realidade, aplicando a inovação. Quer escrever anonimamente no EmpreendedorX? Envie email para oempreendedor@empreendedorx.com.br

5 comentários

  1. Estou muito grata, por receber em primeira mão um material super qualificado,e muito bem projetado. Adquiri dicas super valiosas, aperfeiçoando mais ainda a atividade que gosto de fazer. Acho que esse tipo de material tão rico em informações deveria ser mais divulgado, para que outras pessoas pudessem ter acesso. Desejo grande sucesso para essa equipe maravilhosa. sheyla

    • Oi Sheylla,

      Seu feedback é fundamental para o desenvolvimento de nossas atividades. Obrigado!

      Você tem algum ponto em específico no texto que tenha gostado mais? Podemos discutí-lo e quem sabe, encontrar novas respostas que ainda possam colaborar ainda mais.

      Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>