Últimos artigos

Listas que todo empreendedor precisa ver – filmes, séries e até termos

Vasculhando a internet, vez ou outra a gente se pega vendo artigos e posts com títulos dizendo “x coisas que todo empreendedor precisa saber”. Ou “x frases que todo empreendedor precisa ouvir”, e por aí vai.

Resolvemos, então, reunir alguns desses ensinamentos e conselhos, para você aplicar no seu dia a dia. Fizemos um apanhado de livros, filmes, séries, vídeos e termos que todo empreendedor precisa saber.

Vamos lá?

90_todo_empreendedor1

Filmes que todo empreendedor precisa ver

Essa é do Portal Economia do Ig.

1.  How To Get Ahead In Advertising (sem tradução do português)

Mesmo se você não estiver procurando por conselhos de publicidade e marketing, este filme vai conseguir te chamar a atenção e, com certeza, ensinar uma ou duas coisas sobre solução de problemas através da criatividade. De 1989, o longa foi um verdadeiro fiasco na sua estreia, mas acabou sendo “descoberto” anos depois – sendo uma sátira brilhante de como funciona a indústria da publicidade.

How To Get Ahead In Advertising é, definitivamente, feito para você pensar diferente sobre e dentro do mundo dos negócios e comércio.

Os tópicos discutidos incluem estratégia de marketing, advertising know-how, segmentação de marketing e branding.

2. Startup.com

Este é um documentário de 2001, dos Estados Unidos, que examina a criação e a falência da empresa govWorks.com, entre os anos 1999 e 2000. A startup levantou US$ 60 milhões do Hearst Interactive Media, do KKR, do Fundo de Investimento em Nova York, e do Sapient.

O filme é interessante especialmente para entendermos os altos e baixos do período retratado, além de ser uma história real de como as amizades podem ser facilmente ameaçadas com parcerias de negócios.

Os tópicos abordados incluem financiamento para empresários, levantamento de capital, gestão de crescimento, empreendedorismo, formação de equipes e habilidades de gestão.

3. Prenda-me se for capaz

Baseado em uma história real, Prenda-me se for capaz (Catch Me If You Can, 2002) é um clássico filme que exemplifica a jornada para o empreendedorismo. É interessante observar como uma mente habilidosa como da personagem Frank Abagnale (Leonardo DiCaprio) pode seduzir todos ao seu redor a fim de conseguir o que deseja.

O filme é super-recomendado para empreendedores porque aborda temas como criatividade para resolver problemas e como é possível tornar algo realmente bom em uma situação ruim, habilidades de empreendedorismo, inovação, perseverança, visão de negócios, técnicas de vendas e fontes de fundo.

4.  Senhor das Armas

Se você gosta de comédias mais “pesadas” com uma boa quantia de ação, essa é uma boa escolha! Senhor das Armas (Lord of War, 2005) é um filme de guerra, que conta a vida de Yuri Orlov (Nicolas Cage), um imigrante da Ucrânia que decide “empreender” na rota ilegal da venda de armas. O personagem possui deixa a moral de lado por sua personalidade ambiciosa, tenaz e hábil, lidando de maneira eficaz com os riscos apresentados em seu caminho. Nada mau para empreendedores, né?

Além disso, se você quiser saber mais sobre pirataria, construção da fidelização de clientes, e técnicas de negociação, o filme pode te ajudar, já que mergulha profundamente nestes tópicos. Você, provavelmente, vai incorporar algumas das lições em seu próprio empreendimento.

Os tópicos abordados no filme incluem habilidades de empreendedorismo, mercados emergentes, resolução criativa de problemas, gerenciamento de crise, técnicas de negociação, estratégias competitivas e geopolítica.

5. O Diabo Veste Prada

O filme estrelado por Meryl Streep vai te motivar a mergulhar fundo na busca de seu emprego dos sonhos. É um longa-metragem que mostra como pode ser difícil e desconfortável enfrentar situações cotidianas quando estamos em um emprego supercotado, além de revelar como o trabalho duro pode recompensar futuramente. É também uma janela interessante para observarmos e conhecermos os bastidores da indústria fashion.

Agora, o mais interessante é para que chefes tomem consciência de quanto podem ser influentes (de forma positiva ou não) na vida dos empregados. Além disso, é uma maneira divertida de pensar sobre o mundo corporativo.

Os assuntos inclusos no filme são branding, técnicas de venda, importância da mídia e desenvolvimento de carreira.

6. Erin Brockovich: uma mulher de talento

Este drama é baseado em uma história real da mulher que, contra todos os obstáculos e probabilidades, tem influência na vitória do maior acordo já pago em um processo de ação direta na história. O filme tem tudo a ver com as discussões atuais, embora seja de 2000, já que incorpora o empoderamento feminino no mercado de trabalho e sublinha a importância da ética e do respeito pelos próprios escrúpulos – mesmo em face de dificuldades.

Ele toca em temas como responsabilidade social, modelos de negócios sustentáveis ​​e preconceitos de gênero no negócio.

7.  O Homem que Fazia Chover (The Rainmaker)

O filme é dirigido por Francis Ford Coppola, de 1997, e conta a história de um advogado que assume uma empresa de seguros corrupta, a fim de lutar pela vida de um menino com leucemia terminal. O Homem que Fazia Chover é um retrato fantástica da opressão (e do oprimido) , exemplificando o poder de determinação e responsabilidade social.

Os tópicos abordados incluem a responsabilidade social, ética nos negócios e direito empresarial.

Séries e programas que todo empreendedor precisa assistir ou acompanhar

O levantamento é do Startupi.

1. Bloomberg Game Changers – A série, produzida pela Bloomberg, traça o perfil de diversos líderes e empreendedores de sucesso. Algumas personalidades retratadas são J. K. Rowling, Jeff Bezos, Steve Jobs e Mark Zuckerberg.

2. House of Cards – “House of Cards” é uma série que dá lições de negociação para empreendedores. E em um ambiente onde tanto o pensamento estratégico quanto a força de decisão são necessários: o universo da política.

3. Mad Men – A série se passa nos anos 60, em Nova York, e acompanha a vida do diretor de criação Don Draper. Retratando o universo da publicidade da época e as mudanças nesse setor, o programa também mostra a vida pessoal das personagens – incluindo ambição, frustração e disputa por poder. A série fala muito sobre inovar e criar novas oportunidades de negócio.

4. O Sócio – Originalmente chamado “The Profit” (“O Lucro”), o programa é estrelado pelo investidor Marcus Lemonis. Ele ajuda empresas em apuros a se reerguerem – em geral, são pequenos negócios familiares, geridos de forma amadora. O empresário coloca seu próprio dinheiro no negócio e passa a ser sócio dos empreendedores, identificando falhas e guiando empreendimentos para o sucesso.

5. Aprendendo com tubarões

Quer aprender como fazer um bom pitch da sua empresa? É isso que ensina o programa Shark Tank (em português, “Shark Tank: Negociando com Tubarões”). Em Shark Tank, empreendedores apresentam sua ideia de negócio para cinco possíveis investidores. Esses “tubarões” criticam o projeto e podem ou não fazer uma proposta de aporte, envolvendo tanto dinheiro quanto uma participação societária na empresa.

6. Silicon Valley

“Silicon Valley” é uma série de comédia que mostra a história de seis programadoras tentando fazer sucesso no Vale do Silício, enfrentando desafios típicos do desenvolvimento de uma ideia de negócio inovadora.

7. The Office

A série de comédia “The Office” é uma espécie de pseudodocumentário sobre um braço da empresa Dunder Mifflin, que comercializa papel. A série aborda principalmente conceitos de liderança, por meio do chefe Michael Scott: o que fazer – e, principalmente, o que não fazer – na sua empresa.

8. Undercover Boss

O reality show “Undercover Boss” (no Brasil, “O Chefe Espião”) mostra, a cada episódio, um empresário da alta hierarquia de uma empresa tendo de secretamente trabalhar com os funcionários nas posições iniciantes do negócio. Assim, o executivo aprende realmente como é a operação do negócio que ele administra – na foto acima, vemos um episódio que envolve a rede Subway. Recentemente, o programa Fantástico (Rede Globo) fez um quadro similar, chamado “Chefe Secreto”.

9. Your Business

O programa “Your Business” é voltado para pequenas e médias empresas. Além de mostrar exemplos desses negócios, a atração leva especialistas em negócios e investidores para aconselhar empreendedores em diversos assuntos. Na foto, um exemplo da loja de óculos Warby Parker, que começou na internet e se tornou uma referência de marca.

Termos em inglês que todo empreendedor precisa aprender

A reunião foi feita pelo Endeavor Brasil. Selecionamos alguns. Veja só:

1. Break-even – Em português, um ‘ponto de equilíbrio’. É quando os custos da empresa são iguais às suas receitas. Como tudo que a empresa recebe paga somente as despesas, o lucro (ou resultado do período), acaba sendo 0, nesse caso.

2. Co-working – Espaço de trabalho compartilhado por diversas empresas, que passam a poder se relacionar e a trocar conhecimentos.

3. Crowdfunding – Obtenção de capital através de financiamento coletivo, em geral de pessoas físicas interessadas na iniciativa. Existem plataformas on-line especializadas nisso.

4. Crowdsourcing – Forma de conseguir serviços/ajuda de forma colaborativa para geração de conteúdos, solução de problemas, desenvolvimento de novas tecnologias, geração de fluxo de informação e afins.

5. Early stage – São consideradas empresas em early stage (estágio inicial) as que possuem até três anos de existência.

6. Elevator pitch – Apresentação da ideia do negócio em aproximadamente 30 segundos (o tempo que uma pessoa passaria no elevador).

7. Mergers and Acquisitions (M&A) – Termo em inglês para ‘Fusões e Aquisições’ (abreviado M&A), é tanto um aspecto da estratégia corporativa e finanças corporativas quanto compra, venda, divisão e combinação de diferentes empresas.

8. Networking – Ter ou estabelecer uma rede de contatos. ‘Fazer networking’, como é empregado, costuma ser uma ótima forma de ampliar a qualidade de seus relacionamentos e transformá-los em benefício mútuo no meio profissional.

9. ROI – Sigla da tradução de ‘Retorno sobre Investimento’, corresponde a um percentual da quantidade de dinheiro ganho em relação à quantidade de dinheiro investido.

10. Seed capital – Capital ‘semente’, aquele capital que se capta quando o negócio está em sua fase inicial, para que ele possa dar seus primeiros passos no mercado.

11. Spin-off – Criação de uma nova empresa de produtos ou serviços inovadores, criados inicialmente a partir de um projeto em uma ‘empresa-mãe’. Geralmente, os empreendedores do novo negócio trabalharam antes no desenvolvimento desse projeto na empresa-mãe, que gerou o spin-off.

12. Stakeholders – Stakeholders são todos os impactados pelo negócio, sejam eles sócios, acionistas, funcionários, clientes ou segmentos da sociedade.

13. Startups – Uma empresa projetada desde o início para ser grande! Eric Ries, autor do livro ‘Lean startup’, define startup como ‘um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza’.

14. VC (Venture Capital) – Traduzido como ‘capital de risco’, os VCs apoiam empresas de pequeno e médio porte já estabelecidas e com potencial de crescimento. Com duração média de 5 a 7 anos, os recursos investidos financiam as primeiras expansões, levando o negócio a novos patamares no mercado.

90_todo_empreendedor2

Para finalizar

Você viu neste artigo que:

1) Prenda-me se for capaz é um filme clássico que exemplifica a jornada para o empreendedorismo. É interessante observar como uma mente habilidosa como da personagem Frank Abagnale (Leonardo DiCaprio) pode seduzir todos ao seu redor a fim de conseguir o que deseja. Recomendado!

2) House of Cards é uma série que dá lições de negociação para empreendedores. E em um ambiente onde tanto o pensamento estratégico quanto a força de decisão são necessários: o universo da política. Recomendado também!

3) Se você não sabe a diferença entre co-working, crowdfunding e crowdsourcing, melhor reler o artigo!

E aí, pintou alguma dúvida sobre essas dicas e conselhos que reunimos? Tem alguma outra sugestão de filme, série ou termo que não incluímos? Deixe um comentário pra gente! Até o próximo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>