Últimos artigos

Como criar uma rede de contatos eficiente

Recentemente, comecei a me envolver em um projeto de desenvolvimento de websites e programas financeiros para empresas ou empreendedores autônomos. Estabeleci um critério com profissionais do setor – designers e desenvolvedores de sistemas – sobre o valor da comissão que seria definida entre os mesmos. Faço a captação de clientes, repasso o trabalho a estes colaboradores e todo mundo sai lucrando.

Entro com minha empresa, repassando a credibilidade e segurança para o cliente através de um contrato formal. Acredito que a liberdade do indivíduo é um motivador para trabalho consistente e pleno – e é um dos motivos de a ideia de ter empregados com salários fixos não me agradar muito. Este sistema, que tem funcionado muito bem, nasceu através da minha rede de contatos.

Explicando sobre o projeto para alguns conhecidos, estes me questionaram:

“Mas, Rodrigo, porque você não aprende a linguagem de programação e vende o produto de forma a lucrar mais?”

A resposta é quase automática:

“Por que, ao repassar a parte do trabalho para terceiros na qual são mais especializados  do que eu, ganho tempo para criar e desenvolver outros empreendimentos, enfim, para trabalhar onde minha ação direta é   indispensável.”

Networking e colaboração

Algumas pessoas tendem a acreditar que todo sucesso deverá ser obtido apenas através de seu esforço individual, se esquecendo de que vivem em sociedade e que o compartilhamento de informações e serviços é essencial para que ela  funcione de maneira mais eficiente. E para que sua rede de contatos possa lhe servir melhor, você precisa também compartilhar com os outros seu conhecimento e sua atenção. Agindo assim, as pessoas lhe serão gratas e se sentirão mais estimuladas a retribuir.

Como ter uma boa rede de contatos?

(Veja a definição do que é networking – Matéria exibida no “Fantástico”)

Partindo da premissa de que você deve compartilhar o seu conhecimento com outras pessoas, de maneira genuína, você começará a formar uma rede de contatos mais efetiva e que invariavelmente lhe trará benefícios.  A grande questão de uma boa rede de contatos é que a experiência é mútua, tanto para você, quanto para o seu contato. Mas acredito que o ponto principal a ser considerado para que possíveis contatos o passem a tratar com credibilidade é o marketing pessoal: como é a sua imagem perante as pessoas. Invista em sua imagem, seja claro e honesto com esses contatos. Sempre cumpra com sua palavra. Esse tipo de qualidade engrandece a pessoa e traz credibilidade.

Um erro bastante comum que percebo em eventos que vou e que especialistas em consultoria de networking sempre falam é sobre as pessoas que te conhecem em um momento, já passam o cartão de visitas e não procuram sequer  conversar com você.  é como o sujeito que entrega panfletos em sinal de trânsito: você quase nunca vai dar atenção para o material que recebeu e quase certamente jogará fora. E assim também funciona com esse tipo de pessoa que te entrega o cartão e não fala nada.

Sua rede de contatos eficiente

Sua rede de contatos eficiente

Portanto, se quer apresentar o seu negócio, converse com o seu futuro contato, pergunte o que ele faz e apresente propostas de evolução para o negócio dele e após isso, entregue o seu cartão. Networking é paciência, portanto não seja apressadinho.

Se você pretende começar um novo negócio, como por exemplo vendendo produtos online, comece mostrando para  sua rede de contatos os produtos  disposição `com os quais trabalha e peça a gentileza de repassar a informação para os amigos dele. Algumas histórias de sucesso partiram de uma rede de contatos: O processo de apresentação do negócio para desconhecidos se torna quase desnecessário. Quando você já possui bons contatos, poderá esperar que se tornem uma importante fonte divulgadora de seu negócio.

rede

Que tal criar uma rede de contatos?

Lembre-se: ter apenas o contato com alguém não significa que você terá negócios com ele no futuro. Um relacionamento sólido só pode ser concretizado pela manutenção periódica da relação entre os dois. Sempre esteja legitimamente   interessado em seu negócio e ofereça ajuda no que for necessário. O benefício mútuo gerado nas trocas de conhecimento e informação de credibilidade são muito valorosas.

Um conceito bem interessante que aprendi com Bernado Giacometti se chama Elevator Speech. Geralmente as conversas de elevador, em média, duram cerca de 30 segundos. Portanto, este é o tempo que você tem para apresentar um negócio de forma que deixe o outro atraído por sua ideia. Tente sintetizar em 30 segundos o que você faz e como pode ser útil a ele à sociedade em geral.

Outro bom conselho que ele dá se refere à organização necessária a todo Networker: Lembre-se de organizar os cartões e emails que conseguir para não se perder em um emaranhado de informações soltas. Quando receber um cartão, faça uma anotação na parte de trás, descrevendo algo que aconteceu durante esse papo, para que se lembre quem ele era e posteriormente contactá-lo.

E você, quais outros passos segue para realizar bons contatos?

Sobre Rodrigo Morais

Blogueiro, entusiasta do marketing digital e apaixonado por Psicologia. Quer compreender o verdadeiro significado da expressão "Viver em excelência". Sua meta é viver com qualidade ajudando várias pessoas. E claro, ganhando dinheiro com isso. Confira meu perfil Google+.

10 comentários

  1. Ótimo artigo Rodrigo!
    Criar uma rede sólida de contatos é fácil, basta apenas buscarmos fontes seguras de informações. Recomendei este artigo para os membros iniciantes de minha equipe de negócios.

    Veja aqui onde citei este artigo:
    http://www.polishopms.blogspot.com.br/2012/12/porque-nao-divulgar-seu-negocio-em.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>