Últimos artigos

As 6 regras de sucesso de Arnold Schwarzenegger

Para a grande maioria das pessoas, Arnold Schwarzenegger não passa apenas de um ator de filmes de ação. Até mesmo, esquecem que ele já foi governador de um estado americano. Seus filmes, que ainda animam as tardes de domingo, representam o ápice do sucesso de um atleta que nasceu do fisiculturismo, mas que, evidentemente, não se limitou e inovou de uma forma surpreendente. Mas o que será que este homem tem haver com empreendedorismo? Absolutamente tudo.

Veja a seguir:

 

Acompanhe atentamente a minha análise de uma das mais fantásticas palestras conferida por Arnold, realizada em 2009 para recém-graduados americanos.

Pergunte a si mesmo quem você é

Nós somos seres humanos, que a partir de nossas relações sociais, construímos a nossa personalidade baseados em contextos e ações futuras. Nesse meio tempo, quando existe uma reflexão sobre aquilo que nós somos e queremos, pode existir algum conflito. “O que é que exatamente eu quero?”. Essa pergunta deve nos servir de orientação, pois, para alcançarmos o sucesso, precisamos saber exatamente aquilo que queremos independentemente da opinião do meio. Existe e sempre existirá as limitações que as pessoas impõem umas as outras, mas o segredo está em driblar as mesmas com a finalidade de se escrever a própria história. Nós somos protagonistas de uma grande peça, e felizmente não temos um roteiro pré-elaborado, temos a liberdade de improvisar. O que você quer fazer de verdade em sua vida? Quais são seus verdadeiros objetivos? Esse propósito está ligado com a sua felicidade? Todas estas questões são muito importantes e devemos analisa-las com carinho, pois a segunda regra é tão importante quanto a primeira e está intrinsecamente ligada a ela.

Quebre as regras

Eu gosto quando Arnold diz: “Estou dizendo para você quebrar as regras, não as leis”, porque de fato, as regras a que ele se refere são as convenções sociais e o sistemas fixo e invariável pelo qual as pessoas vivem. A rotina, a procrastinação, tudo aquilo que prende as pessoas na “Matrix Social”. E quando alguém consegue enxergar além do horizonte, provavelmente é execrado pelos outros. Por isso, quebre as regras pelas quais você vive e te prendem, inove, realize negócios fantásticos. Acredite em seu sonho e desenvolva um projeto sólido e que traga frutos. Não há fronteiras! Não é pouca idade que vai pará-lo, nem muita. O que vai parar você é a sua própria desmotivação. Faça com que os seus objetivos se tornem realidade, através da construção de um grande muro, afinal, um muro simplesmente não se cria, é preciso colocar, tijolo por tijolo, até que se torne essa definição (sábio Will Smith).

Não tenha medo de falhar

Talvez esse seja o maior bloqueio de possíveis empreendedores. O medo de falhar faz com que nós estejamos presos em nossa zona de conforto. O medo é um estado natural do indivíduo que busca proteção, esse sentimento tem a finalidade de nos manter em segurança, entretanto, muitas vezes é o pior caminho a se seguir. Intimidar-se pelo o que “pode acontecer” é negar para si mesmo a felicidade através da realização. Afinal, a sensação de que “poderia ter feito” é muito pior do que “eu errei”. Ousar, tentar, criar, essas palavras devem acompanhar o empreendedor. Eu não estou falando para agir inconsequentemente, é preciso, diante de todas as possibilidades, verificar a melhor opção, mas não deixe de fazê-la por um resultado negativo que possa acontecer. Tenha certeza que os grandes negócios do mundo nasceram de ousadia, do desbloqueio que estes empreendedores tiveram diante do escarnio e da opinião negativa. Faça o que você realmente quer sem medo de falhar.

Não ouça o que as pessoas negativas dizem

Algo que sempre vai acompanhar a sociedade é a opinião da própria a respeito de seus indivíduos. Pensando pelo aspecto mais pessoal, é impossível que deixemos de receber comentários negativos a respeito de nossos projetos. Se a vida pessoal é questionada por família e amigos, porque não aconteceria com negócios? Você pode ouvir a todo tempo, que sua ideia é fora de realidade, que não vai servir para o mercado, mas se de fato você realizou uma pesquisa aprofundada e concebeu um projeto sólido, é possível que você seja bem sucedido. Ouça os comentários negativos e tente encontrar neles críticas construtivas. Aprimore seu projeto com essas críticas, lapidando ainda mais o conceito. Aproveitem da melhor forma possível essas críticas. Quanto ao negativismo puro e sem sentido, simplesmente ignore. Mantenha o foco, pois você sabe exatamente o que tem que fazer para o seu projeto funcionar. E como você sabe? Pela regra a seguir:

 

Se esforce ao máximo

Dê o melhor de si em todas as suas ideias. Entregue-se quanto for possível a essa causa. Sacrifique noites de diversão, almoços, jantares, tudo pelo bem do seu projeto. Nada cresce por acaso, tudo é construído, passo a passo. É por isso que o esforço é altamente recompensador, porque as pessoas respeitarão a sua empresa, startup ou ideia. Sim, o seu projeto pode não estar indo bem, mas algo que as pessoas nunca poderão dizer de você é que fez “corpo mole”. Trabalho, perseverança e suor, são conceitos que todas as pessoas respeitam. Faça o que puder para conquistar um objetivo, com seriedade e paciência. Sobre o fruto do seu trabalho, é necessário considerar o seguinte fator na vida de qualquer empreendedor, que deve ser totalmente priorizado:

Entregue valor a sociedade

Devolva para sociedade tudo aquilo que você aprendeu e construiu, através da prestação de serviços em todos os sentidos. Um bom exemplo é quando o empresário possui uma rede de atendimentos bastante eficiente, educada e qualificada, os seus clientes gostarão e de fato você estará auxiliando para que a sociedade funcione da forma mais saudável, dentro de suas condições. É um privilégio poder ajudar as pessoas e receber um agradecimento por causa de tal fato. É incrível fazer parte da vida de alguém tão positivamente, não há nada melhor do que esse feedback.

O que vocês acham das regras de sucesso do Arnold Schwarzenegger?

Como sempre, deixo uma pergunta para vocês, leitores. O que vocês acham das regras do Arnold? Qual é o entendimento de vocês sobre cada uma delas?

Sobre Rodrigo Morais

Blogueiro, entusiasta do marketing digital e apaixonado por Psicologia. Quer compreender o verdadeiro significado da expressão "Viver em excelência". Sua meta é viver com qualidade ajudando várias pessoas. E claro, ganhando dinheiro com isso. Confira meu perfil Google+.

4 comentários

  1. ele é prova de realização pessoal e prova de que tudo que foi dito é verdade…

  2. Excelente documentário!!

  3. Essas 6 regras são orientações muito significativas para quem quer abrir um negócio, de fato nos incentiva, e nos desperta a surgi com uma nova luz, em nossos projetos. São palavras e testemunhos de pessoas que marcaram nossa sociedade. Uma das coisas que mais me chamou atenção foi, q/do vc diz tem o dever de devolver a sociedade tudo que aprendeu e construiu. E sente gratificado e privilegiado em saber que fez parte da vida de alguém positivamente e poder ajudar as pessoas de alguma forma. Estou muito grata por cada orientação valiosa. Rodrigo esta matéria é sensacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>