Últimos artigos

10 invenções que surgiram por acaso, deram certo e podem te inspirar  

Você já deve ter reparado que nesse meio empreendedor é preciso um pouco de sorte para “acelerar” alguns processos e etapas.

Pois bem.

Existem algumas invenções de produtos e serviços que surgiram por acaso, sem a menor pretensão de se tornar um sucesso e, por sorte e/ou mérito, deixaram seu inventores bem, mas bem ricos. Muitas dessas invenções foram tão importante e impactantes que passaram a fazer parte das nossas vidas, mesmo muitos anos depois.

Fizemos uma lista de invenções que surgiram por acaso, mas que deram muito certo e sua história pode te inspirar a criar coisas e inovar processos. É claro que para se ter sucesso no mundo dos negócios é preciso muito planejamento, abrir mão de situações e muito trabalho envolvido. O que não impossibilita, portanto, que possamos nos inspirar a partir de histórias de vida e carreira (como Steve Jobs e Bill Gates), e também do processo criativo de produtos.

Na maioria dos casos que vamos mostrar a seguir, o quesito “sorte” não veio sozinho e sim acompanhada de uma boa dose de visão empreendedora que buscou a utilidade prática para a descoberta. Afinal de contas, de nada adianta criar algo mágico se o consumidor não perceber que aquilo é mesmo mágico.

71_invencoes2

Inovação, Invenção e Empreendedorismo

Antes de vermos 10 exemplos de invenções que surgiram por acaso, talvez seja interessante estabelecer uma linha entre invenção, inovação e empreendedorismo.

Empreendedorismo, entre tantas definições, pode ser interpretado como a ação de criação para a construção de algo, novo ou não, com valor reconhecido, em oportunidades identificadas. Um empreendedor como vcoê precisa ter visão de futuro, pesquisar o mercado, planejar o empreendimento, reunir os recursos necessários e construir empresas ou negócios.

A inovação consiste na introdução de um novo bem ou de uma nova qualidade de um bem ou ainda na introdução de um novo método de produção, definindo, com isso, a abertura de um novo mercado. Inovação pode ser considerada como a exploração de novas ideias que tragam sucesso para as empresas, tais como aumento de faturamento, acesso a novos mercados, aumento das margens de lucro, entre outros benefícios.

Já as invenções dizem respeito a toda e qualquer coisa inventada ou à ação e ao efeito de inventar, isto é, achar ou descobrir algo novo ou desconhecido. A pessoa que dedica o seu tempo a essas atividades é o inventor. Não se deve, porém, confundir invenção com descoberta, já que esse último é a aquisição de um conhecimento novo ao acaso, sem esforços determinados ou premeditados. A invenção, pelo contrário, é fruto de trabalho dirigido, persistente e dedicado, que pode levar o inventor ao sucesso ou ao fracasso.

Lista de invenções que surgiram por acaso – você vai se surpreender!

1. Velcro

Essa é uma invenção que veio após uma longa observação do inventor. O engenheiro suíço Georges de Mestral adorava passear com seu cachorro nos Alpes mas odiava as sementinhas que grudavam nele.

Em 1941 o engenheiro, já cansado de ter que retirar pequenas sementes do que conhecemos aqui no Brasil como carrapicho, resolveu investigar o que provocava isso.

Ao colocar a semente sob a lente de um microscópio, descobriu que o entrelaçamento se dava em função da semente possuir filamentos que terminavam em pequenos ganchos que acabavam grudando no pelo do cachorro. Daí para a invenção do Velcro foi um pulo.

2. Cola tipo “super bonder”

Em 1942 o cientista Harry Coover criou uma nova substância, o cianocrilato, que deveria ser usado no processo de fabricação de lentes de precisão resistentes para serem usadas em miras de armas no campo de batalha, só que o produto se revelou um fracasso, pois a moldagem era difícil, pois grudava em absolutamente tudo em que tocava.

Na verdade, a substância mais parecia uma solda do que um elemento para ser moldado e incorporado a outros produtos. Bem, já que ele praticamente tinha descoberto a “solda a frio”, por que não vender como um super adesivo então? E nasceu o Super Bonder, que quebra um bom galho da gente no dia a dia.

3. Forno de micro-ondas

O forno de micro ondas foi outra dessas invenções que surgiram por acaso e que acabaram por se transformar em um grande sucesso de vendas. O pesquisador Percy Spencer estava realizando algumas experiências com tubo de vácuo chamado Magnétron para um projeto de radar. De repente reparou que a barra de chocolate que estava no bolso de sua camisa havia derretido sem motivo.

Curioso, ele trocou o chocolate por um milho de pipoca e ele estourou. Estava descoberto um dos eletrodomésticos de maior sucesso da história.

4. Fogos de artifício

O fogo de artifício que você vê todos os finais de ano hoje não seriam uma realidade caso um cozinheiro chinês, de nome desconhecido, não tivesse cometido um erro durante uma refeição.

Para fazer uma experiência, este cozinheiro inseriu carvão, enxofre e mais algumas substâncias. Depois de colocá-los todos juntos num frasco de Bambu, a mistura acabou por explodir. Tal produto ficou conhecido posteriormente como pólvora.

Daí para a criação de fogos de artifício foi um pulo. Atualmente existem diversos tipos de fogos de artifício, e seus efeitos dependem da composição ou da estrutura da peça.

5. Post-It

Nossos companheiros inseparáveis, principalmente em momentos de esboço de ideias, o bloquinho de Post-It também nasceu por acaso.

Spencer Silver, um consagrado pesquisador estava pesquisando a fórmula de um novo adesivo, muito mais forte do que os já existentes no mercado, só que o resultado foi justamente o oposto, uma cola que não grudava nada de forma definitiva.

Como esse adesivo não deixava marcas ele achou que talvez tivesse alguma utilidade, mas só descobriu qual seria quando viu um auxiliar seu usando o adesivo para grudar pequenos pedaços de papel para marcar livros.

6. Batatas Fritas

George Crum era já um chef conceituado quando inventou as batatas fritas. No seu restaurante, um cliente mandou voltar para trás um prato que continha uma batata inteira, que estava frita. O cliente reclamou e perguntou se a batata não poderia ser cortada mais fina e mais crocante.

Diz a lenda que Crum ficou furioso e, para se vingar, cortou as batatas o mais fino possível, tentando irritar o cliente. Só que para sua surpresa, o cliente adorou e a partir daí ele passou a servir esse prato no seu restaurante. A ideia foi um autêntico sucesso e passou a ser um dos pratos mais vendidos daquele espaço.

7. Viagra

O chamado “diamante azul” foi outra dessas invenções que surgiram por acaso e que acabaram se transformando em um sucesso de venda.

No início dos anos 90, pesquisadores americanos estavam trabalhando para descobrirem uma droga que pudesse ser usado no tratamento da angina e durante os experimentos descobriram um curioso efeito colateral, a ampliação do desejo sexual masculino.

O remédio até que aliviava a angina, mas a Pfizer, empresa que estava financiando a pesquisa, percebeu que teria na função de estimulante sexual, um produto com muito mais mercado consumidor e transformou o Viagra em um sucesso mundial.

8. Massa de modelar

Outra dessas invenções que surgiram só porque alguém resolveu dar um uso diferente para o produto. Desenvolvida pela empresa Kutol Products, a massa de modelar Plau-Doh nasceu com o objetivo de ser um produto de limpeza para papeis de parede.

A ideia era de que ao ser passada em papeis de parede, a sujeira ficaria grudada na massa e as mamães iriam ter papéis de parede novinhos em folha. Só que a alegria ficava mesmo é por conta das crianças que começaram a moldar coisas e usar em trabalhos escolares.

9. Cookies

O que Wakefield tentava fazer não era nada de inovador: bolachas de chocolate. No entanto, numa das suas tentativas ela descobriu que não tinha o chocolate que habitualmente era fornecido pelo padeiro. Em vez de ficar desesperada e tentar utilizar o método habitual, foi comprar chocolate normal e quebrou-o em pequenas partículas.

Ela esperava que o chocolate derretesse no forno, como era habitual. No entanto, ele acabou por se manter sólido e quebrou-se em partículas pequenas, dando origem às pepitas nas bolachas da chocolate.

O cookie é o género de bolachas mais comercializado no mundo, e têm ganhado bastante espaço aqui no Brasil.

10. Flocos de milho (cereal matinal)

Depois de juntar granola um pouco de trigo, John Kellog e seu irmão Keith “descobriram” um produto de certa forma estranho.

Os cereais matinais foram criados por acidente na tentativa de encontrar um substituto para o pão, que seria servido aos pacientes da clínica de um deles, nos Estados Unidos. Eis que um belo dia, esqueceram um pouco de trigo de molho em água. Perceberam a gafe só no dia seguinte e, em vez de jogar o resultado fora, resolveram passar as massinhas em cilindros a fim de conseguirem folhas de massa de pão. Conseguiram flocos! O mesmo fizeram com farinha de trigo e, desta vez, assaram os flocos.

71_invencoes1

Invenções que surgiram por acaso em resumo

Você viu aqui que:

1) A sorte muitas vezes vem acompanhada de uma boa dose de visão empreendedora que buscou a utilidade prática para a descoberta

2) Para se ter sucesso no mundo dos negócios é preciso muito planejamento, abrir mão de situações e muito trabalho envolvido;

3) A invenção é fruto de trabalho dirigido, persistente e dedicado, que pode levar o inventor ao sucesso ou ao fracasso.

E aí, sabe de alguma outra história inspiradora como essas que mostramos? Conte pra gente através dos comentários! Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>