Últimos artigos

Como ser um líder eficiente que eleva os resultados do seu time

Fundamental para manter o desempenho e a produtividade em uma equipe lá no alto, o líder exerce um papel que vai além da autoridade e burocracia dentro das corporações. Isso mudou, claro, porque antes era exatamente assim que ele era visto. Hoje o líder é responsável por indicar a direção certa para que as metas e objetivos da organização sejam alcançados, com respaldo nos valores corporativos, além de ser a figura capaz de motivar e apoiar uma equipe rumo ao sucesso.

O sucesso, em uma época de instabilidade econômica, nem sempre quer dizer o lucro e a imagem acima da concorrência. Até mesmo o fato de sobreviver em um mercado difícil também pode ser considerado uma vitória digna de comemoração, não acha? Nesse contexto, a produtividade não pode ser alterada, mesmo em épocas de vacas magras. Por isso, é mais que importante ter e desenvolver uma liderança competente e entusiasmada para promover a produtividade dos funcionários de uma empresa, ou como muitos costumam definir, do time profissional.

Mas e ai, como ser um líder eficiente que eleva os resultados do seu time? Neste artigo vamos mostrar o caminho das pedras para atingir o objetivo de ampliar a conquista de resultados.

Vale a pena dar uma olhada também em um outro artigo que fizemos, em que mostramos como empresas inovadoras estão fazendo para aumentar a produtividade de seus colaboradores.

Porém, o foco dessa vez é no papel crucial da liderança para provocar impactos positivos em um contexto corporativo. Nesse artigo, vamos entender o que é o líder, quais as principais características e habilidades deste profissional e como se tornar um líder capaz de superar expectativas.

Mas antes, já ouviu aquela frase que diz que no futuro, todo líder será um coach? Não deixe de acompanhar também o artigo que mostramos como o coaching pode te ajudar em um cenário de crise. Lá colocamos termos e situações que podem te ajudar a compreender e absorver melhor o conteúdo que desenvolvemos nesta página. Vamos lá?

29_lider_eficiente2

Primeiro, um questionamento: o que é líder eficiente?

Sem delongas, o líder eficiente é aquele que busca identificar o que cada profissional precisa fazer para obter um maior desempenho. Ao mapear as necessidades dos indivíduos, seus defeitos e talentos, suas habilidades e seus potenciais, ele é capaz de direcionar o melhor das pessoas obtendo melhores resultados.

O líder é o mesmo que dá oportunidades para melhoria, e que consegue fazer com que os colegas enxerguem o verdadeiro potencial dentro de si. Se não houver sucesso de primeira, ele dará outras oportunidades para melhoria, praticando o exercício do feedback. Prestar atenção e apreciar ideias é um modo de mostrar a importância dos membros da equipe, assim criando um relacionamento de confiança mútua.

Ao acreditar no desenvolvimento do funcionário, o líder pode aumentar o engajamento e a motivação, proporcionando maior elevação de performance e produtividade.

Ao contrário do coach tradicional, o líder não oferece sessões periódicas para seus colaboradores. Ele apenas utiliza muitas das competências do coaching “dentro de casa”, para elevar sua própria capacidade e de sua equipe no relacionamento, na tomada de decisões e no alcance de metas, entre outras diversas ações impactantes no dia a dia de trabalho.

Matrículas abertas na escola de desenvolvimento

A verbo da vez é potencializar. Diferente dos chefes preocupados com lucro, números e a resolução das “urgências”, o líder compreende que a melhor maneira de elevar resultados é potencializando as pessoas, direcionando os profissionais para este aumento de desempenho constante. Isso é desenvolvimento contínuo, dividido em “aulas” que todos devemos frequentar.

O líder eficiente faz de seu dia a dia uma escola de aprendizado constante e entende que um de seus papéis é desenvolver pessoas acreditando que, para serem efetivas, elas devem ser protagonistas de suas atividades.

Não adianta cobrar excelentes performances e resultados absurdos sem antes oferecer as ferramentas e o conhecimento necessário para se atingir os propósitos iniciais. Sempre falamos em nossos artigos sobre a importância da capacitação, por isso, líderes eficientes sempre têm o cuidado de oferecer algo para contribuir com a formação da equipe.

E capacitar não significa necessariamente gastar. Existem cursos e treinamentos que podem ser feitos de graça pela internet, com o objetivo de desenvolver diversas competências humanas e profissionais. Na área de empreendedorismo existem várias opções, como mostramos no artigo sobre os cursos a distância e online e como eles têm mudado a forma convencional que vemos a educação.

Autoconhecimento e autodesenvolvimento são buscas constantes que devem ser promovidas. Se isso parte da equipe e não do líder, melhor é. No entanto, isso também pode e deve ser incentivado com frequência. O bom líder sempre está disposto a aprender e entende que novas ideias e soluções podem partir de qualquer lado, sem amarras de vaidades. Esperar que uma colega já tenha nascido “pronto”, com todas as ferramentas e habilidades necessárias não faz sentido com base no que sabemos sobre a complexidade de grupos e processos sociais. Muito longe da teoria, a prática mostra que a capacidade de se auto liderar é em sua maior parte desenvolvida.

As práticas de um líder que promove o conhecimento adquirido em um processo de coaching fazem surgir uma verdadeira escola de liderança onde todos se tornam atores e atrizes do seu próprio desenvolvimento contínuo em prol de resultados.

A organização que aprende é a organização que aperfeiçoa continuamente a capacidade de criar o seu futuro, adaptar o ser humano para que produza resultados que lhe interessam e priorizar coisas que lhe são realmente importantes.

A produtividade em níveis

Para ficar mais fácil entender como se dá o processo de produtividade, e como você pode se beneficiar com isso, vamos dividi-lo em três níveis.

O primeiro deles é o pessoal, nas atividades comuns que você e os funcionários sob sua tutoria executam no dia a dia. Nesse campo, o profissional precisa desenvolver todas as tarefas de forma satisfatória, sabendo gerir bem o tempo e encontrando formas de aumentar a produtividade. Existem ferramentas gratuitas na internet para aumentar a produtividade no trabalho, como mostramos neste artigo. Se o indivíduo funciona bem no individual, mais fácil fica para contribuir com as outras esferas. Ou seja, aprender a tornar o tempo mais produtivo com o auxílio de técnicas de planejamento e organização, que a tecnologia pode ser uma ótima aliada.

Em seguida, a produtividade se desenvolve no conjunto de pessoas (as equipes), em que a capacidade produtiva de cada um se une para uma finalidade em comum, como um grande projeto por exemplo. O papel do líder aqui é definir prioridades e deixar claro qual o objetivo deve ser atingido – quais as formas para chegar lá e quanto tempo será necessário para consegui-lo. Dessa forma, o líder precisa ter um propósito em comum com a equipe para poder desenvolver os trabalhos com qualidade.

Por fim, o último nível é mais global, e diz respeito ao funcionamento das organizações, em que diretores e executivos precisam coordenar as atividades de outros líderes. É a parte que impacta diretamente nos lucros e fechamento de contratos que são essenciais para manter o oxigênio da empresa circulando, mas que não vamos entrar muito a fundo porque não é o objetivo do artigo. São estratégias de produtividade para atender os anseios do negócio, basicamente.

No final, o conselho é trabalhar pontos essenciais que podem contribuir para o desenvolvimento dos funcionários.

O líder eficiente é o que lidera pelo exemplo

Nada influencia mais um ser humano do que ter um bom exemplo ao seu lado para se inspirar – e até copiar, por que não?

Um bom líder compreende que a melhor forma de influenciar pessoas é tornar-se o modelo de comportamento que deseja ver nos outros. Assim como nós nos influenciamos a partir de boas histórias de sucesso, como as de Donald Trump, George Samuel Clason ou pelas regras de sucesso de Arnold Schwarzenegger.

A verdade é que todos nós gostamos de ser influenciados por pessoas que nos inspiram, que apresentem as habilidades e os comportamentos necessários para obter grandes resultados. Se um líder cobra comprometimento de seu time, mas não se mostra comprometido, é bem provável que ele não irá inspirar as pessoas a elevar suas performances.

O líder é o modelo capaz de causar impacto positivo justamente por inspirar pessoas, influenciando-as através de seus próprios comportamentos. Desta forma, o líder eficiente é capaz de promover um nível muito mais profundo de cooperação e engajamento. Ele se torna exemplo por estar continuamente buscando sua melhoria e excelência.

Pode reparar: o tempo todo nós estamos influenciando pessoas através do nosso comportamento, da nossa forma de enxergar a vida e como lidamos com as responsabilidades e fracassos. Cabe justamente a nós decidir a maneira como vamos influenciar essas pessoas.

Os atributos da liderança

Existem muitos mas vamos elencar os 10 principais, que têm impacto direto na promoção e perpetuação da produtividade da equipe.

1 – Auto motivação – Para começar, um líder de time que não consegue se auto motivar não tem a menor chance de motivar e melhorar o desempenho da equipe. A partir desse start em você mesmo(a), o próximo passo é implementar um propósito maior ao grupo, que não seja apenas ser estimulado a trabalhar esperando o salário cair na conta no fim do mês. O time precisa dar o melhor, e para isso, o papel do líder é fazer com que a pessoas trabalhem por um senso de realização e porque se interessam, de forma verdadeira, pelo que fazem. O líder que se auto motiva para chegar antes dos subordinados e só sai do escritório depois que a equipe já foi embora é um exemplo de uma influência positiva para obter maior produtividade do grupo.

2 – Atitude positiva e justa – Essa é uma das características que apontamos como importantes no artigo sobre o coaching em um cenário de crise. É um atributo que diferencia um profissional de outro, e é importante especialmente para que o líder consegua unir as equipes e proporcionar um clima agradável, mesmo nos períodos em que a economia está desacelerada como agora. O positivismo inspira confiança, constrói e mantém uma equipe com entusiasmo. Um líder que incentiva a união e olha em direção para a produtividade acaba dando mais atenção às dúvidas, queixas e sugestões dos funcionários. Ele sabe que a criação de um ambiente propício ao diálogo, em que todos se sintam bem para se expressarem, só trará benefícios e bons resultados. A liderança que trata doso de forma justa e igual sempre cria uma sensação de segurança.

3 – Planos bem definidos – A produtividade está relacionada a decisões objetivas. O líder motivado sempre tem objetivos claros e bem definidos para a concretização de seus objetivos. Ele planeja o trabalho e depois trabalha o seu plano com a participação de sua equipe. Quem coordena uma equipe precisa observar se o time tem o perfil para realizar o desafio almejado. Aqueles líderes que conseguem estabelecer quais são as metas a cumprir e as tarefas a serem desenvolvidas por cada membro da equipe (profissionais corretos para funções adequadas) evitam desgaste, retrabalho e, com isso, perda de tempo. Se o líder não deixa claro o que deve ser feito, as pessoas enrolam, adiam, executam coisas secundárias e, quando se vê, já é tarde demais, e aquilo que é realmente importante acabou ficando de lado e prejudicou a produtividade.

4 – Empatia – Essa é a capacidade de se colocar no lugar do outro, característica importante em quem tem uma inteligência emocional bem desenvolvida. O líder de sucesso deve possuir essa capacidade de ver o mundo pelos “olhos” de outras pessoas. Ele não precisa concordar com essa visão, mas deve ser capaz de entender como as pessoas se sentem e reagem, e ainda compreender pontos de vista diferentes do seu. A partir desta observação, fica mais fácil reconhecer e elogiar o trabalho bem feito de um membro da empresa, essencial para explorar o potencial completo deste profissional, incentivando-o ao máximo. Valorizar cada desempenho individualmente auxilia na produtividade do grupo como um todo.

5 – O ato de duplicar-se, triplicar-se, quadruplicar-se… – Outra característica do líder de sucesso está na constante busca de maneiras de espelhar suas habilidades em outras pessoas da equipe. Se você é bom em organização, quando não está no escritório obviamente gostaria de saber que a equipe se manteve organizada durante a sua ausência, certo? Pois bem, esse é um exemplo de espelho que te dá a capacidade de “estar em muitos lugares diferentes ao mesmo tempo”. Talvez este seja um dos maiores atributos de um líder: ser capaz de desenvolver outros líderes. Pode-se julgar um líder pelo número de pessoas em que ele refletiu os seus talentos e fez evoluir – considerando sempre atitudes positivas.

6 – Perseverança nas decisões – O gestor que derrapa no processo de tomada de decisão mostra que não está certo de si mesmo, ao passo que um líder eficaz só decide depois de ter feito várias ponderações e observações preliminares sobre o problema. Ele ainda considera a possibilidade de a decisão está errada, e o que fará depois de identificar o erro. Bons líderes também arriscam e tomam decisões erradas algumas vezes. Entretanto, não diminui o respeito que os seguidores têm por elas. Isso porque um líder eficaz decide e mostra sua convicção e crença na decisão ao manter-se fiel a ela, sabendo, no entanto, reconhecer quando erra. Assim, seu pessoal tem força para sustentar aquela decisão em conjunto.

7 – Disposição para assumir responsabilidades – Outro ônus da liderança é assumir responsabilidade por erros de membros de sua equipe, não só os próprios. Caso um funcionário cometa um erro, por incompetência, ingenuidade ou falta de orientação, o líder deve considerar que foi “ele” quem falhou. Se o líder tentar mudar a direção dessa responsabilidade, perderá o respeito e dará insegurança a seus seguidores. Ótimos comunicadores fazem questão de reforçar sempre quais são as expectativas da empresa em relação a seus funcionários. Assim, eles lembram à equipe quais são os valores e missões da organização, assegurando que as metas sejam sempre cumpridas.

8 – Acreditar nos seus princípios – Nada cuja aquisição tenha valor é muito fácil. Por isso, o líder de sucesso possui a determinação de atingir objetivos não importando os obstáculos que surjam pelo caminho. Ele acredita no que está fazendo com a determinação de batalhar por sua realização e de sua equipe.

9 – Não ter preferidos ou preferidas no trabalho: se há uma fórmula certeira para perder a confiança dos seus seguidores, é escolher e apontar favoritos na empresa. Se você favorece sempre o(s) mesmo(s) funcionários para as tarefas mais estratégicas ou prazerosas, tudo o mais que você faz para construir a confiança será prejudicado. Se há favoritismo, as pessoas percebem, deixam de estar motivadas e, por consequência, produzem menos.

10 – Saber elaborar perguntas sem intimidar – Não tenha vergonha de tirar uma dúvida ou de cobrar a resolução de uma demanda. O líder eficiente tem sede por conhecimento, por estar por dentro do que acontece, o andamento de cada etapa do planejamento. Fazer isso de uma maneira sutil que não pareça uma cobrança agressiva é uma verdadeira arte. Fazer perguntas e pedir conselhos aos outros ajuda no esclarecimento e desenvolvimento das atividades.

Por fim, grande parte desses 10 atributos estão em um outro artigo que produzimos, sobre o perfil do profissional do futuro – qual será o perfil exigido pelo mercado em 10 anos. Não deixe de dar uma olhada!

Intolerância a improdutividade

Não adianta: gastar tempo com quem não melhora não vai adiantar. Se o funcionário errou uma vez, treine-o novamente. Se o erro se repetir, dê um feedback para ajudá-lo a melhorar e não repetir o erro. Mas se o profissional errar pela terceira vez, pode ser um sinal de falta de perfil para determinada tarefa ou função. Permitir o erro pela quarta vez é perder tempo.

A tolerância à improdutividade tem um limite que deve ser observado com atenção, para não virar uma bola de neve. A tolerância ao erro geralmente cria um ambiente no qual o urgente passa a ser normal, e a tarefa não será tratada pela equipe com a devida importância.

Elaborando estratégias próprias

Mesmo absorvendo à risca as orientações e potencializando as características e atributos de um líder eficiente, você ainda pode trabalhar estratégias próprias para promover a produtividade de sua equipe. Em muitos casos, é um caminho até mais curto justamente por ser personalizado, afinal, cada caso é um caso.

Muitos líderes costumam tratar os seguidores como verdadeiros membros da família, criando reuniões informais dentro e fora do ambiente de trabalho para discutir o que tem dado certo e o que precisa ser mudado.

Outros realmente levam a sério a tarefa de tornar o ambiente de trabalho mais familiar. Se as pessoas se sentem motivadas a exercer bem uma atividade não apenas com o salário, como dissemos, mas também com o sentimento de pertencer à empresa, é mais fácil obter sucesso.

Outras empresas acreditam que a “fórmula mágica do sucesso” começa logo na contratação. Ao expor os valores da empresa, objetivos do cargo e projetos futuros, fica mais fácil identificar quem está mais apto para ocupar a vaga, de acordo com os objetivos e princípios. A partir daí, é mais tranquilo gerenciar o(a) contratado(a), porque teoricamente ele(a) entendeu o objetivo mostrado lá no começo, e também o contrário: da empresa compreender os objetivos do empregado.

O investimento em aulas de coaching para todos os membros da equipe também pode funcionar muito bem. Os profissionais podem reconhecem suas principais qualidades e são incentivados a darem o melhor de si, através de técnicas próprias e comprovadamente estudadas.

29_lider_eficiente1

Conclusão

Para finalizar, não deixe de celebrar quando o sucesso aparece. Saiba agradecer à sua equipe sempre que avança mais um passo na concretização das suas metas. Como dissemos, a motivação vem, em grande parte, através do reconhecimento daquilo que fazemos de melhor. E no fundo, todos nós gostamos de ser elogiados(as), não é mesmo?

Fique à vontade para compartilhar suas experiências e aprendizados conosco através dos comentários. Sua participação é muito importante para continuarmos desenvolvendo conteúdos mais relevantes para a sua realidade enquanto empreendedor(a). Participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>