Últimos artigos

Pesquise o mercado: Entenda o que o cliente deseja

 

Um erro cometido por algumas empresas e por profissionais autônomos é o de não analisar o mercado, antes de fornecer algum tipo de produto. Não adianta inferir conceitos próprios na venda e pensar que os clientes vão gostar disso: é importante analisar o mercado e o perfil dos clientes. Lembrando que para este artigo, apesar de existir a possibilidade de aplicar os mesmos conceitos no mercado tradicional (off-line), o foco aqui é o mercado online, tendo em vista que, a cada dia, o número de usuários cresce. Temos dados concretos de que por volta de 35% da população Brasileira utiliza a internet. Esse mercado é absolutamente frutífero e acredito que as empresas devem direcionar seus negócios para a rede. Já falamos aqui sobre como iniciar os seus negócios em comércio eletrônico em pequena escala e demos exemplo das Startups de sucesso no Brasil, a grande maioria delas nasceu e exerce seu conteúdo online, porque você não poderia?

Praticamente todas as empresas, mesmo com segmentos extravagantes, podem atingir uma fatia desse mercado. Já recebi proposta de criação de website para uma empresa que cuidava de desentupimento de esgotos, eles queriam desenvolver uma plataforma para chamadas de urgência via web. Ou seja, com esse exemplo, quero dizer que sempre há espaço para o seu negócio.

Para iniciar esse processo, é importante entender como é o comportamento dos clientes em vários ambientes: Redes sociais, páginas de vendas, sites de pesquisa, etc. Mas como você fará isso?

 

Pesquise com o seu nicho de mercado

 

Nesse primeiro momento de pesquisa, é importante focar a mesma diretamente no que você trabalha. Você não pode cometer o erro de pesquisar sobre hambúrgueres enquanto a sua empresa trabalha apenas com pizzas, por pensar que os dois são primos e estão no mesmo setor de atuação. Claro que, em certos casos, é possível adaptar técnicas de empresas com produtos semelhantes a sua empresa, mas no primeiro momento da pesquisa, o foco deve ser apenas o seu nicho de atuação. Portanto, se você tem uma Pizzaria, procure realizar uma pesquisa no Google(aqui me refiro a outros sites de busca, exemplo: Cadê? Yahoo, etc.) sobre outras empresas que já possuem websites e observe a metodologia de trabalho deles, verificando links e a estrutura em si do negócio.

É importante analisar também pesquisas que institutos fazem sobre determinados nichos de mercado. Tente verificar se existe na sua área, pois será extremamente importante para você atualizar alguns procedimentos que podem estar ultrapassados em seu negócio.

Outro grande problema enfrentado por outras empresas é a não-adaptação aos softwares e ao TI. Realizei algumas visitações a clientes que não possuíam programas financeiros para administrar o seu negócio. Na pesquisa de mercado, você provavelmente irá encontrar sites com sistemas de cadastros para clientes, que exigem dados pessoais, para automatizar o processo de fidelização do cliente. Se você ainda emite nota fiscal na caixa impressa e cadastra os clientes em um grande livro de contabilidade, você precisa realizar uma estruturação urgente em suas dependências. Você está perdendo dinheiro e tempo, ainda realizando esse tipo de organização. Os programas para empresas são extremamente funcionais e possibilitam o negócio a ser mais econômico em relação a dinheiro e tempo.

 

Entenda as relações dos clientes com seus produtos/serviços

 

Você realizou a pesquisa de mercado com empresas concorrentes, utilizando ferramentas de busca eficientes (Google, Yahoo, etc.) e redes sociais. Já sabe que tipo de produto divulgar na internet, como divulgar e quais os impactos que provavelmente irão exercer no mercado. Agora é o momento de analisar como é o consumo do cliente frente ao tipo de produto/serviço que você irá fornecer. Confira os sites dos concorrentes e tente verificar o feedback dos clientes sobre os produtos do seu nicho de mercado. Qual é a posição deles sobre determinado produto? Eles falam bem ou mal? Existe alguma pendência do ponto de vista do atendimento daquela loja com o cliente?

 

Esteja sempre pronto para ouvir o seu cliente

 

Sempre aprenda com os erros alheios evitando assim transtornos futuros. Muitas empresas cometem erros com clientes, desde a má qualidade de um produto (E o cliente só sabe disso quando recebe em casa) a problemas na central de comunicação do Website da empresa. Os clientes querem ser atendidos o quanto antes, tanto para comprar produtos/serviços como para realizar alguma reclamação. É preciso ter paciência e sempre agir com profissionalismo neste caso. Portanto, verifique sempre os erros e acertos de empresas concorrentes, eles irão fazer extrema diferença no resultado de suas ações.

 

Observe as redes sociais para obter informações sobre os clientes

 

Este é um dos temas mais importantes da atualidade. Desde o fenômeno Facebook, as empresas americanas começaram um movimento em massa de manter um relacionamento fixo com os clientes, para entender suas percepções e adaptar novas ações da empresa orientadas sob o prisma dos consumidores. Consequentemente, mercados emergentes como o do Brasil tem explorado cada vez mais esse tipo de marketing. Os resultados têm sido extremamente satisfatórios, conforme podem ver nestes dois exemplos que iremos fornecer.

  • Twitter

 

Veja o caso do Twitter da empresa Ponto Frio. Observe a linguagem de comunicação usada pela empresa com os clientes: um pouco informal. Você poderia pensar que essa é uma atitude natural e ocasional, mas esta completamente errado. As grandes empresas sabem que o Twitter, em sua maioria, possui usuários jovens e que para se identificar com estes é preciso agir semelhantemente. Perceba que a grande maioria dos ‘’tweets” da empresa são em resposta a perguntas ou provocações positivas dos clientes.

Outro fator extremamente importante foi à promoção da TV de LED que forneceram, conforme está em destaque na imagem. A empresa buscou popularizar o seu Twitter com a ação e naturalmente a participação dos membros em promoções ocasiona influência da marca nas decisões da família em relação à compra de produtos daquele nicho de mercado.

A ação de promoções nas redes sociais tem um grande poder que deve ser utilizado, pois os retornos são MUITO satisfatórios.

  • FanPage-Facebook

 

Veja o exemplo da Fanpage da empresa Subway(no Brasil). Uma forma extremamente efetiva de manter um relacionamento saudável com os clientes nas FanPages, não é simplesmente mandar o seu catálogo de produtos, mas desenvolver um sistema de postagens de perguntas abertas, para que os clientes espontaneamente venham e respondam as perguntas. Ou até mesmo, manda uma mensagem de boas vindas, ou que os clientes tenham um bom final de semana.

A internet trouxe um novo contexto em relacionamento de empresas e clientes. Nós, como clientes, gostamos de ler mensagens de empresas de maneira um pouco mais pessoal, íntima. É como se a empresa falasse diretamente com nós de forma especial.

Por isso existe uma cativação enorme nestas redes sociais. Alguns anos atrás, o Ponto Frio responderia questões diretamente para os clientes? Mandaria para o SAC, no máximo. Ali, os clientes entendem que o Ponto Frio, está dando uma atenção especial para eles. A mesma coisa com a FanPage da Subway.

 

O Google é amigo do seu negócio

 

Por ultimo, não poderíamos de deixar de dizer para que você seja amigo do Google. Utilize todas as ferramentas do Google: Analytics, Adwords, Docs, Ferramentas para Webmasters, Google APP, etc.. Tudo isto ajudará imensamente na construção de sites mais dinâmicos e alinhados de acordo com a necessidade do seu consumidor. Já falamos aqui sobre como alavancar sua empresa na internet, com uma parte exclusiva ajudando a explorar o potencial do Google na preparação de conteúdo para o seu negócio.

E também gostaríamos de indicar uma iniciativa do Google para o mercado brasileiro, o Conecte o seu negócio, que ajuda micro e pequenas empresas a criar um site que será totalmente implantado nos sistemas do Google. O projeto conta com a parceira do SEBRAE na preparação do profissional ao mercado da internet.

 

Qual é a forma que nossos leitores utilizam para entender o que o cliente deseja?

Blogueiro, entusiasta do marketing digital e apaixonado por Psicologia. Quer compreender o verdadeiro significado da expressão "Viver em excelência". Sua meta é viver com qualidade ajudando várias pessoas. E claro, ganhando dinheiro com isso. Confira meu perfil Google+.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>