Últimos artigos

Entrevista com Rogerio Job, lenda do marketing digital brasileiro

Rogério Job é sem dúvida uma das referências no internet marketing do Brasil. Pessoalmente, no inicio do desenvolvimento de minhas atividades com o portal EmpreendedorX, utilizei de alguns conceitos que o Rogerio publicava em seu blog, conselhos que fizeram muita diferença no meu nível de compreensão do mercado digital do Brasil. É importante dizer que o conheci através do Caio Ferreira, outro amigo que, ao longo do tempo, também me ajudou muito.

Por este motivo, tenho orgulho de trazer essa entrevista para o nosso portal.

O Rogério job é considerado um “dinossauro” do marketing digital, tendo centenas de milhares de clientes satisfeitos ao longo dos anos e muito assunto para contar. Atualmente promove o curso “Clube ganhar Dinheiro”, com uma pontuação que tem diferencial dentro da plataforma do Hotmart. Nesta entrevista, Rogerio nos contou um pouco de sua história, suas convicções pessoais e as suas hipóteses sobre o mercado de infoprodutos de Brasil. É uma aula de marketing digital, por isso, aconselho que durante a leitura deste texto, faça anotações de pontos que considerar importantes. Ao final da entrevista, convidamos a vocês a verem o vídeo-resposta que o Rogerio gravou para responder dois leitores do EmpreendedorX que fizeram perguntas baseadas na obra do Tim Ferriss, 4 quatro horas por semana.

Rodrigo Morais

Rogerio nos enviou um video para responder dois leitores de nossa FanPage que perguntaram a respeito das possibilidades de trabalhar poucas horas durante a semana. Confiram:

EmpreendedorX - Olá Rogério, tudo bem? Primeiramente é um prazer tê-lo como nosso convidado nesta entrevista. Sabemos que você é alguém com enorme credibilidade no internet marketing e certamente deverá atingir um grande número de pessoas de forma positiva com esta entrevista.

Rogerio Job –  Olá Rodrigo e staff  da EmpreendedorX, muito obrigado pelo convite e pela consideração, é um grande prazer estar falando com vocês e com o seu público.

EmpreendedorX - Rogério, primeiramente conte-nos um pouco de sua história pessoal e motivações para começar a empreender na internet. O que de fato aconteceu para encontrar o caminho em que se encontra agora?

Rogerio Job - Tudo começou com o desejo que eu sempre tive de me tornar um empreendedor. Eu aprendi o básico sobre computadores desde os meus primeiros empregos então comprei meu primeiro computador e tentei alguns negócios off-line na área de editoração, confecção de brindes, digitação de textos, etc. Na época pouca gente tinha computador então eu conseguia ganhar algum dinheiro. Mas minhas maiores dificuldades eram, encontrar clientes e encontrar tempo para atendê-los pois eu ainda tinha um emprego e passava o dia inteiro nele. E meu pequeno negócio estava em um mercado local e limitado. E além disto eu estava naquela situação de trocar tempo por dinheiro. Era impossível crescer trabalhando desta maneira.

As verdadeiras oportunidades surgiram quando eu conheci a internet, por volta de 1997. Embora houvessem poucos internautas na época, eu apostava que um dia todas as pessoas com poder aquisitivo teriam computadores em casa, eu apostava no alcance global da internet e na revolução de oportunidades que isto iria causar. Veja bem, hoje qualquer pessoa já constatou isto, mas quem fizesse uma aposta desta naquela época era simplesmente taxado de louco.

Na época os computadores custavam muito caro, o acesso era discado e para pagar menos eu tinha que conectar após a meia noite. Não havia muito conteúdo disponível mas eu comecei a pesquisar por “ganhar dinheiro” e descobri um cara que vendia informações divulgando via mala direta, ou seja, usando os correios. Os produtos de informação eram físicos, livros, apostilas e fitas cassete. Mas ele começou a divulgar estes produtos físicos na internet também.

Foi aí que eu fiz minha primeira grande descoberta. Comecei a pesquisar na internet por “infoproducts”, “produtos de informação” em inglês, e percebi que lá fora, especialmente nos Estados Unidos, existiam centenas de sites vendendo informações em formato digital. Eu achei aquilo maravilhoso. Logo pensei em fazer a mesma coisa. E fiz. Acabei comprando um produto digital com direitos de revenda, o Kit WBS – Sistema de Criação de Riqueza, do lendário Robert Abraham, o pioneiro na criação e venda de infoprodutos no Brasil. O Robert que me perdoe, o conteúdo era excelente, mas a página de vendas não era das melhores. Eu passei algumas semanas criando uma página melhor, coloquei a página em um provedor grátis e comecei a divulgar de tudo quanto é jeito, troca de banners, classificados e outros meios que nem me lembro mais. O dia que fiz minha primeira venda foi um dos dias mais felizes da minha vida. O pagamento foi por depósito bancário, o valor pago foi de apenas R$ 25,00 mas pela primeira vez eu enxerguei meu futuro. Tudo que eu tinha que fazer era alavancar este resultado.

Meus amigos riam da minha cara quando eu dizia empolgado que ainda iria ganhar muito dinheiro na internet, mas mesmo assim eu comecei a criar meus próprios infoprodutos, basicamente apostilas digitais de 10 páginas. Técnicas de memorização, táticas de persuasão, como tirar no nome do SPC – “Sistema de Proteção ao Crédito”, etc, eu era bem eclético nos tópicos. As vendas fluiam mas eu não estava ganhando o suficiente para largar meu emprego. Foi aí que eu comecei a estudar como os gurus faziam lá fora. Investi bastante e fiz minha segunda grande descoberta. Descobri que eles faziam email marketing. Descobri também que eles não atiravam para todos os lados como eu estava fazendo, eles escolhiam uma audiência específica – um nicho de mercado, e criavam conteúdo e produtos que ajudavam esta audiência a atingir seus objetivos. Em 2004 eu passei alguns meses criando lista e distribuindo conteúdo grátis sobre “como ganhar dinheiro na internet” e em seguida lancei um produto chamado “Renda Automática” onde eu ensinava como criar, publicar e divulgar infoprodutos. O grande apelo do produto é que este era o meu método preferido de ganhar dinheiro na internet, criar e vender infoprodutos. Foi um sucesso incrível! Até hoje muitos me agradecem pois o produto abriu os olhos de muita gente para esta grande oportunidade. Depois disto criei outros infoprodutos e ferramentas, sempre focando em criação de infoprodutos e marketing digital. Foi uma longa caminhada até eu encontrar meu caminho, mas resumindo foi assim que aconteceu.

 

Conheça o clube ganhar dinheiro do Rogerio Job

 

EmpreendedorX – Já que começamos a falar sobre empreender na internet, quais os passos você considera essenciais para que algum interessado comece de fato a investir na área? E quando é que um empreendedor deve abandonar as atividades tradicionais e começar a trabalhar exclusivamente com a internet?

Rogerio Job - Muito já se falou sobre isto mas eu considero importante apenas estes dois passos.

O primeiro passo é descobrir alguma atividade ou tópico que seja condizente com a sua personalidade, um mercado no qual você se veja trabalhando feliz daqui à 10 ou 20 anos. Nem que esta oportunidade esteja em um mercado super-concorrido, se você realmente gostar deste mercado, poderá injetar sua personalidade e criar um diferencial mais adiante.

O segundo passo é descobrir se o mercado escolhido realmente deseja seus serviços e produtos. É aqui que a maioria erra mas hoje em dia este segundo passo é muito fácil. Por exemplo, você pode fazer anúncios CPC oferecendo grátis informações diferenciadas sobre o seu mercado e então poderá analisar a conversão em cliques e subscrições. Custa muito pouco e assim você pode saber se está diante de uma furada ou de uma mina de ouro.

Certo ou errado, eu levei muito tempo para deixar meu último emprego porquê eu queria fazer uma boa reserva financeira. Se eu tivesse a auto-confiança que tenho hoje, certamente deixaria meu emprego logo quando meus ganhos como empreendedor superaram meu salário. Mas cada situação é particular. Se o empreendedor tiver uma reserva financeira razoável, pode apostar mais alto ainda e deixar seu emprego assim que os resultados nos negócios começarem a crescer exponencialmente.

EmpreendedorX – Vamos falar de infoprodutos. Nos EUA existem uma gama enorme de nichos de mercado sendo explorados, enquanto que no Brasil temos uma limitação de áreas de infoprodutos aplicadas para vendas. Qual é a sua visão a respeito desse paradigma?

Rogerio Job - Temos pelo menos um fator limitante no Brasil. Na prática, os infoprodutos produzidos na língua inglesa tem à seu favor a vantagem de ter um alcance realmente global. Quando um americano, britânico, australiano, enfim, alguém que fala inglês pensa em criar um infoproduto, sabe de antemão que seu produto poderá ter compradores em praticamente todos os continentes do mundo. Só este fator já é bastante motivador para um empreendedor ligado à um nicho específico transformar seus conhecimentos em infoprodutos pois ele encontrará um mercado gigantesco e parceiros no mundo inteiro. Com a língua portuguesa não temos todo este alcance, além do fato de que na maior parte do Brasil ainda não temos uma conexão de internet razoável, então é natural que existam menos “infoprodutos de nicho”, mas acredito que a tendência é melhorarmos neste aspecto à medida em que a internet avança no país.

EmpreendedorX – Hoje vemos uma proporção enorme de infoprodutos de baixo nível no Brasil. Isso acontece devido a falta de experiência dos desenvolvedores em seus respectivos temas. Pensando de forma macro, o mercado de infoprodutos cresceu absurdamente nos últimos anos no Brasil e neste inicio, vemos muitos candidatos a produtores que sequer conseguem vender uma única unidade. Qual é a sua visão a respeito do internet marketing no brasil atual e o que pode acontecer no futuro?

 

rogerio-job-2-empreendedorx

Rogerio Job - Eu acredito que uma boa parte desta safra de produtores que hoje estão produzindo produtos ruins ou não conseguem vender seus produtos começarão a se educar, a aprender com seus erros e aos poucos veremos surgir produtos de maior qualidade. As condições para vender infoprodutos no Brasil tem melhorado muito nestes últimos anos, e eu não poderia deixar de destacar o surgimento do Hotmart, um divisor de águas. Somado à isto, a realização de eventos importantes como a copa do mundo e das olimpíadas forçará o país a melhorar as conexões de internet e isto criará melhores condições para trabalhar, enfim, eu vejo um futuro muito bom para o internet marketing e para infoprodutos de todos os nichos.

EmpreendedorX – Que tipo de ações as pessoas interessadas em produzir conteúdo digital devem ter para que o mesmo tenha rentabilidade e possíveis ganhos?

Rogerio Job - Antes mesmo de produzir conteúdo, é preciso estudar marketing digital justamente para criar um conteúdo não só relevante mas também que seja interessante para uma audiência específica. E dominando áreas como email marketing, copywriting e conversão, suas chances de sucesso se multiplicam. Parcerias também são importantes, hoje temos uma excelente plataforma para conseguir parcerias que é o Hotmart. Mas a verdade é que nenhum nome de peso vai querer fazer parceria com um desconhecido. Por esta razão eu recomendo que o produtor iniciante invista primeiro em CPC até que seu produto tenha os primeiros resultados e só então, com os resultados em mão, busque contactar potenciais parceiros mais qualificados. Dominando marketing digital e tendo parceiros expressivos é sucesso na certa.

EmpreendedorX – Uma ideia interessante que ouvi uma vez foi a de que um revendedor de livros ganha muito mais dinheiro do que seu autor. Atualmente, ferramentas como o Hotmart estão agindo democraticamente para um universo de produtos digitais em ascensão, disponibilizando tanto para o produtor como para o revendedor uma maneira extremamente eficiente de comunicação. Quais as dicas que considera importantes para que um revendedor tenha uma carreira de sucesso em plataformas como o Hotmart?

Rogerio Job – Pode parecer controverso e muita gente não vai gostar de ouvir, mas na minha opinião, para realmente ganhar dinheiro como afiliado no Hotmart, é importante publicar um ou mais infoprodutos na plataforma, desta forma você poderá criar uma lista de clientes. Eu já ouvi dizer que uma lista de clientes vale de 5 à 10 vezes mais que uma outra lista qualquer e isto também é verdade quando se divulga produtos como afiliado. Sei por experiência prática e também por conhecer alguns dos melhores afiliados do Hotmart que se você vende um produto, sua lista de clientes comprará mais facilmente um outro produto indicado por você. E mesmo aquela parte da sua lista que ainda não comprou seu produto irá ver sua recomendação como a recomendação de um especialista e isto impulsionará exponencialmente suas vendas como afiliado. Você não precisa necessariamente criar um produto “high ticket”, caro e completo, o produto pode ter informações básicas, o importante é que tenha qualidade e deixe seus clientes satisfeitos.

Outra dica importante é manter um relacionamento forte com sua lista, sempre provendo conteúdo que seja útil para ela. Uma das melhores maneiras de fazer isto é através de um blog. Mas ao contrário do que muitos “gurus” dizem por aí, você não precisa necessariamente criar um blog post por semana, o importante é manter o relacionamento com a lista e isto pode ser feito de diversas maneiras. Por exemplo, você poderá recomendar um artigo que você leu e achou relevante, poderá enviar um ebook gratuito que ajudará sua audiência, poderá direcionar sua lista para um vídeo seu ou de outra pessoa no Youtube, etc. E na sua newsletter você ainda pode programar seu autoresponder para direcionar seus novos assinantes para dezenas de blog posts que você escreveu anteriormente.

Outra dica que é bem básica mas não menos importante é escolher com muito cuidado os produtos que você irá divulgar. Fora o fator qualidade, existe também a adequação ao seu público. Se você divulgar um produto ruim ou inadequado para sua audiência você poderá perdê-la para sempre.

EmpreendedorX – Atualmente temos um mito de que a única forma de rentabilização na internet é um blog. Claro que é uma ótima opção, mas demanda muito tempo e investimento de ideias. Em sua visão, quais seriam as melhores formas de empreender na internet?

Rogerio Job – Eu sou da velha escola então continuo apostando em negócios baseados em listas de emails. Claro que blogs e redes sociais são excelentes formas de se relacionar com uma audiência, mas é só redirecionando seu público para se inscrever em sua lista de emails que você cria uma audiência fiel. A fórmula continua simples, você pode criar uma gratificação instantânea para gerar leads, criar um relacionamento e, além do relacionamento regular, você ainda pode programar seu autoresponder para entregar mensagens por 1 ou 2 anos, ou até mais. O autoresponder é muito mais que um programa de envio de emails em massa. Se você aprender a segmentar sua lista, separar leads de clientes, e criar mensagens de followup adequadas a cada segmento, irá ganhar muito mais dinheiro com muito menos esforço. Enfim, criar lista constantemente e fornecer soluções para sua audiência é um modelo simples e antigo mas que ainda funcionará por muitos anos pois até agora não inventaram um substituto para o bom e velho email.

EmpreendedorX – É perceptível que você criou uma comunidade de clientes em sua volta. Basta que analisemos seus artigos em seu blog, com dezenas de comentários de pessoas diferentes. Em sua opinião, qual é o impacto na aceitação do público mediante uma visão ampla de relacionamento com os clientes?

Rogerio Job – Quando você cria um conteúdo que agrega valor na vida das pessoas e as convida para participar da discussão, elas te retribuem de alguma forma, seja comentando, curtindo no Facebook ou compartilhando em redes sociais. E você sente vontade de retribuir de volta. O público sente isto e se cria um círculo. No fundo é muito parecido com os relacionamentos pessoais, com todos os seus altos e baixos. Mas você vai recebendo à medida que oferece alguma coisa, então você precisa dar o melhor de si.

EmpreendedorX – Obrigado pela entrevista Rogerio! Desejamos sucesso em seus negócios online. Deixe um recado para os leitores do EmpreendedorX – A revista digital dos empreendedores.

Rogerio Job – Muito obrigado pela oportunidade. Foi um grande prazer falar com uma audiência tão qualificada como a do EmpreendedorX. Eu espero que o leitor tenha gostado da entrevista e, se gostou, comece a colocar em prática algumas ideias extraídas daqui. Quando eu comecei a empreender meu maior problema era a falta de informações. Hoje o maior problema é a “overdose” de informações. Então, se você trabalha com infoprodutos ou como afiliado, eu recomendo que você anote em algum lugar e coloque em prática pelo menos uma ou duas ideias extraídas desta entrevista. E também faça o mesmo quando aprender qualquer outra ideia nova na internet. É muito fácil se sentir motivado ao descobrir novas ideias mas, como ser humano, temos tendência a distração e a esquecer facilmente estas ideias no dia seguinte. Anote, programe, coloque em prática e faça acontecer. E depois nos conte os resultados. Muito obrigado! Saudações e sucesso!

Enviem perguntas para o Rogerio!

Pessoal, utilizem o nosso espaço para perguntar, enviar dúvidas ou até mesmo sugestões para o Rogerio. Nosso espaço é democrático e por isso, é muito importante que façam parte de todo o processo, colaborando e contribuindo para que possamos desenvolver uma discussão produtiva.

 

Blogueiro, entusiasta do marketing digital e apaixonado por Psicologia. Quer compreender o verdadeiro significado da expressão "Viver em excelência". Sua meta é viver com qualidade ajudando várias pessoas. E claro, ganhando dinheiro com isso. Confira meu perfil Google+.

12 comentários

  1. Obrigado pela oportunidade, Rodrigo! E obrigado a você, leitor da Empreendedor X, por ter lido a entrevista. Qualquer coisa estou à disposição. Grande abraço!

  2. O que ele disse sobre anotar é totalmente verdadeiro, outra dica é listar tudo o que você tem que fazer durante a semana assim não passará nada em branco.

    • Oi Altair,

      Muito legal, né?

      O Rogerio é um cara considerado referência no cenário do marketing digital brasileiro.

      Gostei muito de saber que você pôde tirar algum proveito desta entrevista.

      Grande abraço!

      Rodrigo

  3. Excelente! Obrigada pelas ótimas dicas!!

  4. Gostei muito do seu trabalho, eu admiro muito o sucesso que o Rogério tem hoje e ainda nos ensina como ser empreendedores melhores. Grande artigo!

  5. Rodrigo, eu acredito que o Rogério Job descontinuou o clube ganhar dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>