Últimos artigos

Principais métricas em uma estratégia de marketing digital

Gerenciar sua estratégia de marketing digital (táticas e objetivos) é essencial para a garantia do alcance de resultados esperados. Eles podem ser rápidos ou demorados, mas independentemente disso, é fundamental que eles sejam medidos.

No entanto, a quantidade de dados disponíveis sobre o comportamento dos usuários na Internet é maior do que podemos acompanhar. Por isso, saber “o que medir” é o primeiro passo para o gerenciamento da sua estratégia.

Conheça neste artigo as principais métricas em uma estratégia de marketing digital. Isso certamente irá ajudá-lo a compreender sua audiência e se colocar à frente da temida concorrência. Afinal de contas, é preciso prestar muita atenção para avaliar melhor o sucesso de suas ações de marketing online.

Escolher uma métrica sem muita importância pode trazer perda de tempo e a descoberta de dados que não são muito úteis para traçar estratégia de marketing digital. Neste artigo vamos falar das principais métricas em uma estratégia de marketing digital para você conhecer e explorar o seu potencial.

29_lider_eficiente3

Mas antes: as vantagens de investir em marketing digital

Atualmente, apostar no marketing digital é uma necessidade, pois certamente a maioria do seu público utiliza a Internet todos os dias não é mesmo? Além disso, a adoção dessa estratégia certamente pode ser a garantia de sucesso para sua empresa.

O marketing digital vem crescendo, e boa parte da “culpa” é reflexo das vantagens e benefícios que a comunicação digital nos traz. Além do baixo investimento (em comparação, principalmente, aos meios tradicionais de divulgação como rádio, TV e impressos).

O marketing digital permite que os consumidores se comuniquem facilmente com as empresas, facilitando a interação e a obtenção de respostas rápidas e mais assertivas. Quando um consumidor se comunica com uma marca, as duas partes estão criando uma relação de confiança: a resolução de problemas se torna muito mais eficaz, o que deixa os consumidores muito mais confiantes para comprar produtos ou adquirir serviços mais de uma vez – clientes fiéis!

Além disso, certamente as empresas que utilizam marketing digital estão um passo a frente dos seus concorrentes que ainda insistem apenas marketing tradicional – as vezes, ficando restrito à apenas uma fatia do público-alvo.

O marketing digital proporciona um alcance muito mais global (ou segmentado se for o caso), interatividade (gerando mais informações), e alcance de métricas provenientes dos usuários (ingredientes para a criação de novas campanhas).

Desta maneira, empresas conseguem reduzir a taxa de erros e campanhas que não funcionam, e acabam economizando tempo e dinheiro.

E para finalizar, temos a vantagem de tudo na internet ser feito e girar em torno de uma velocidade muito grande. Como na Internet tudo pode ser mensurado em tempo real, os profissionais de marketing podem se adaptar rapidamente de acordo com a performance de uma campanha, evitando assim desperdiçar dinheiro em algo que não está funcionando.

Principais métricas em uma estratégia de marketing digital

Com os dados aferidos e obtidos em mãos, você tem a chance de descobrir o andamento de suas ações, assim como tomar as medidas mais apropriadas para reparar ou aprimorar suas táticas.

Vamos às principais métricas em uma estratégia de marketing digital.

1)     Engajamento

Para cada canal existente de marketing digital, dados de diferentes naturezas precisam ser acompanhados. Se você quer garantir que seu público está interagindo com sua marca online, precisa ficar de olho em seu comportamento em cada situação.

O Google Analytics é uma dessas ferramentas que te ajudam a avaliar o tempo de permanência dos usuários e quantas vezes eles retornam para o seu site, por exemplo.

Se a análise for das redes sociais, veja a quantidade de comentários, curtidas, compartilhamentos e envolvimentos diante de suas postagens. Para vídeos, conta o número de visualizações, assim como o e-mail marketing pode ser analisado a partir do número de cliques a partir dele (se ele não caiu no SPAM, maiores as chances de ser lido). E por aí vai.

Existem outras ferramentas que podem ajudá-lo a medir o engajamento dos seus produtos digitais, e principalmente, melhorar o marketing de conteúdo que você tem feito.

2)     Custo de aquisição de clientes

Esta métrica (CAC) serve para indicar “quantos recursos você gasta para que alguém se torne seu cliente”. Difícil? Não se somar os gastos relacionados ao marketing digital, dividida pelo número de clientes conquistados.

Medir o custo de aquisição de clientes pode indicar não só o quanto sua estratégia de marketing digital é eficaz para conquistar clientes com poucos recursos, mas também quais canais são mais eficientes e merece novos investimentos – aonde conseguiu mais envolvimento? Qual o valor do custo-benefício?

3)     Retorno sobre o investimento

Outra conta na manga: o cálculo do retorno sobre o investimento (ROI) considera a receita gerada pelo seu negócio, dividida pelo valor investido em marketing digital.

Nenhuma outra métrica pode indicar o impacto do marketing na sua empresa tão bem quanto o resultado dessa métrica. Empresas que calculam este retorno possuem estratégias de marketing que são mais refinadas, complexas e geram mais resultados: isso porque estas empresas sabem exatamente quanto e aonde investir seu dinheiro de forma a gerar mais resultados.

Enquanto o ROI for positivo e a capacidade produtiva for possível, o ideal é aumentar o investimento em marketing digital.

4)     O ciclo de vida de um cliente

O ROI também pode te ajudar a entender o valor do ciclo de vida de um cliente. Mais uma conta: esta métrica é o tempo de vida que um cliente permanece como consumidor na sua empresa, dividido pelo seu investimento em marketing digital. Desta maneira, você combina as métricas de ROI e CAC para determinar não só quanto você gasta para adquirir um cliente, mas também quanto um cliente vale para você em longo prazo.

Este é um valor flutuante e individual para cada cliente, mas para este caso você vai chegar a uma média entre os ciclos de vida de sua clientela.

Ter esta informação em mãos vai lhe mostrar, entre outras coisas, o estágio em que seus clientes estão em seu funil de vendas. Isso vai fazer com que você tenha dados importantes para compeli-los, mais para adiante, nos processos de compra de seus produtos.

5)     Tráfego via mobile

Essa métrica é capaz de definir o tráfego mobile do seu site, ou seja, quantidade de acessos realizados por dispositivos como smartphone e tablets.

Essa análise é importante para saber se o site está bem desenvolvido para receber visitantes de dispositivos móveis (já que sabe-se que grande partes das visitas são feitas através destes dispositivos), ou se a taxa de rejeição (falaremos mais à frente) está alta por este motivo. Vale lembrar que o Google prioriza sites que são responsivos e se adaptam facilmente ao celular.

6)     Tempo de permanência do visitante

É uma métrica que se refere ao tempo que cada visitante fica em um site. Juntamente com outras métricas, isso irá sinalizar o quanto visitantes estão sendo engajados pelo conteúdo do seu site, assim você terá a oportunidade de estar sempre otimizando páginas e conteúdos páginas para melhorar a performance de sua presença na web.

7)     Índice de retorno do visitante

Com este índice é possível mensurar quantos visitantes após uma primeira visita retornam ao seu site. Isso demonstra, entre outras coisas, que seu site tem conteúdo relevante suficiente para estimular uma nova visita, aumentando assim as chances de conversão.

8)     Taxa de rejeição

Por fim, esta métrica é interessante porque mede o quanto seu site estimula visitantes a navegarem pelo seu conteúdo. Mas quando um visitante entra no site e sai sem navegar por exemplo, contabiliza uma rejeição.

Uma taxa de rejeição alta demonstra que algo está errado, precisando ser identificado e sanado, para que estimule a navegação e leve o visitante para uma ação desejada.

Os canais disponíveis para colocar em prática as métricas em uma estratégia de marketing digital

Para uma estratégia de marketing digital gerar uma vantagem competitiva, é necessário compreender também todas as ferramentas disponíveis, com o objetivo de definir o que gera mais resultados com seu público.

Veja quais são os canais disponíveis e como utilizá-los da melhor forma.

26_orcamento_mkt2

Em resumo

Você viu neste artigo que:

1) O marketing digital é atualmente a maneira mais econômica de promover produtos ou marcas, pois sua execução não demanda muitos recursos;

2) O marketing digital proporciona um alcance muito mais global, interativo, e com o alcance de métricas eficazes. Ele permite que os consumidores se comuniquem facilmente com as empresas, facilitando a interação e a obtenção de respostas rápidas e mais assertivas.

3) Planejar, executar e controlar campanhas de marketing digital através de métricas é sem dúvidas importante para acompanhar o sucesso de seu negócio na rede. Avaliar seu site somente com uma métrica ou outra não é o ideal: o interessante mesmo é que uma complemente a outra;

4) Depois, cruze as informações para um diagnóstico mais preciso para tomadas de decisões mais assertivas.

E ai, o que achou do artigo? Você já definiu os seus objetivos de marketing digital? Tem algum outro aspecto do marketing digital que você acha que também vale a pena destacar? De repente, a sua sugestão pode render um outro artigo de qualidade para o EmpreendedorX. Participe através dos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>