Últimos artigos

Mas afinal, o que é marketing pessoal?

Todo mundo já ouviu falar sobre marketing, é algo que hoje faz parte diretamente da nossa vida. Esse nome ficou famoso principalmente por causa da necessidade de determinar quais produtos ou serviços possam interessar aos consumidores. O marketing existe para gerar valor e satisfação para o cliente, criando estratégias de vendas, comunicações e desenvolvimento do negócio.

Tornando-se parte indispensável no mundo dos negócios, o marketing virou uma profissão e com a demanda de cursos, graduações e especializações sobre o assunto, ficou acessível para qualquer pessoa se tornar um “marketeiro”. Dentro dessa mesma premissa, existe outro tipo de marketing, um que está dentro de todos nós: o marketing pessoal.

 

Mas afinal, o que é marketing pessoal?

Marketing pessoal é  a capacidade individual de atrair e manter relacionamentos, tanto pessoais quanto profissionais. O marketing pessoal diz respeito ao que temos internamente, e que nos motiva, que nos leva a algum lugar. É seu “eu”. É busca pela melhoria da imagem pessoal, desenvolvendo habilidades de percepção, convívio pessoal, social e profissional. Usa-se o marketing pessoal para recriar-se, colocando qualidade e excelência em tudo que realiza. É desenvolver técnicas para divulgar sua imagem, suas competências e usar seus contatos para chegar onde quer. A pessoa deve esculpir-se para ser um produto de qualidade, ter habilidades, conhecimentos, para depois montar-se e vender-se.

 

Como aplicar o marketing pessoal na minha vida?

Como o marketing pessoal é um desdobramento do marketing de mercado, as ferramentas utilizadas em um podem ser aplicadas no outro. Por exemplo, o Mix de Marketing, conhecido também como os 4 P’s do marketing (que hoje anda evoluindo), que são: Produto: tudo o que se refere ao produto ou serviço em si; Preço: política de preços, descontos, e formas e prazos de pagamento; Praça: canais de distribuição, locais, estoque, transporte; Promoção: publicidade, relações públicas, marketing direto, etc.

Através desses conceitos, procure identificar: Você pode dizer que é um produto e atende a alguma necessidade? Você pode dizer que faz promoção das suas qualidades? Você pode dizer que tem um preço no mercado? E valor? Você pode dizer que tem um ponto forte no desempenho de suas funções? Você pretende fazer marketing pessoal do produto ou só da embalagem?

 

marketing-pessoal

O marketing pessoal traz destaque

 

Pense em si como se fosse uma empresa que acabou de abrir. E deve administrar você mesmo, de dentro para fora. Confira os departamentos que existem dentro de você:

Contabilidade: Nessa área são sempre os créditos contra os débitos, não é mesmo? Verifique então seus pontos fortes x seus pontos fracos. Quanto melhor você for, melhor será seu setor de contabilidade!

Estocagem: Meça seus conhecimentos adquiridos, sua bagagem que carrega há uma vida. todos eles, o que aprendeu na escola, na faculdade, com sua avó. Precisa aumentar o estoque? Sempre!

Produção: Seu psicológico, seus pensamentos. Você é equilibrado? Seus pensamentos fluem bem, positivamente?

Cobrança: Identifique se você se cobra pelas coisas que deseja fazer e que até hoje não conseguiu realizar. Ou você apenas assume o papel de vítima e atribui aos outros seus insucessos?

Embalagem: A imagem pessoal. Ela vende! Mesmo que só no primeiro momento, pois depois você provavelmente terá de mostrar o conteúdo.

Marca: Você, seu nome, a integridade, sensatez, o ser correto.

Planejamento: O que você quer? Como conseguir? Quando? Quanto de esforço será necessário? O que você precisa efetivamente fazer?

Objetivos e metas: Sempre pense a frente. Visualize onde quer chegar e trace os objetivos para isso. E para cada objetivo, determine metas para ir aos poucos chegando ao destino desejado.

Planejamento estratégico de marketing pessoal (PEMP)

Através do mix de marketing, você facilmente aplica o planejamento estratégico na sua vida, seguindo a proposta abaixo:

01- Diagnóstico
- Pontos Fortes: (mínimo 4)
- Pontos Fracos: (mínimo 4)
- Você atende a necessidade e uma pessoa ou empresa? Como (por que)?
- Você promove suas qualidades, as potencializa? Como?
- Hoje, você tem valor no mercado de trabalho?

02- Objetivos e Metas
Qual seu objetivo de vida (apenas um)? O que tem que fazer para chegar lá (no mínimo 5 metas)?

03- Plano de Ação
O que você está fazendo agora para alcançar seu objetivo?
O que você pode começar a fazer imediatamente para alcançar seu objetivo?
(Pense nesse momento em curto prazo, no próximo mês, até o final do ano…)

04- Estratégias
Quais são suas estratégias para alcançar esse objetivo (mínimo 4)?
(Por exemplo: esforço, estudo, disciplina, concentração, foco…)

E o mais importante: busque o equilíbrio em todos os campos da vida, ou seja, espiritual, familiar, mental, social-pessoal, físico, profissional, financeiro para que você possa caminhar tranquilamente através das etapas de forma a desenvolver o crescimento e o desenvolvimento do seu marketing pessoal de forma efetiva.

Este pode ser o empreendedor que está em todos nós. Pode ser eu, você, ou muitos de nós. O espírito empreendedor permeia a todos que desejam transformar a sua realidade, aplicando a inovação. Quer escrever anonimamente no EmpreendedorX? Envie email para oempreendedor@empreendedorx.com.br

4 comentários

  1. Fábia Santos Alves

    Concordo, temos que nos preocupar com todas as áreas da nossa vida. Ser muito bom em uma e ter um déficit em outra não é saudável. O segredo é o equilíbrio, o que não é fácil. Temos que nos esforçar todos os dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>