Últimos artigos

Por que perco seguidores e curtidas nas redes sociais? (e clientes em potencial)

Apostar nas redes sociais para conquistar novos clientes, fidelizar os antigos e impulsionar os negócios já não é novidade.

Todas as empresas – pequenas, médias ou grandes – já perceberam as vantagens de produzir conteúdo especial para essas mídias. Uma das principais está na possibilidade real de alcançar lugares e pessoas que até então precisavam de muito mais tempo e recurso para atingir. Tudo isso através dos compartilhamentos pela internet.

O grande problema é que os perfis corporativos são mais difíceis de conquistar novos seguidores, e mais difícil ainda é mantê-los por muito tempo acompanhando tudo que a marca posta.

Por isso acompanhe com a gente os erros e acertos na gestão de uma conta empresarial em rede social, como Twitter, Facebook, e Instagram – as mais usadas atualmente.

Especificamente para o Snapchat corporativo, demos uma série de dicas nesse artigo aqui.]

Social Media Logotype Background

Primeiro: o que atrai seguidores

Ter uma rede social de qualidade é, sem dúvida, sinônimo de audiência.

Não importa o ramo do seu negócio. Se você investir em algo útil, interessante e inovador, os seguidores com o tempo vão começar a aparecer.

Mas existem algumas dicas para tentar agrupar essas pessoas o mais depressa possível. Vamos a elas.

1) Comece por uma boa descrição

As contas são os saguões de entrada de sua empresa.

Já na descrição da rede (no caso do Face, Twitter e Instagram), diga em poucas palavras e de maneira objetiva do que o perfil vai tratar.

Deixe que as pessoas saibam quem você é e dê motivos para que elas sigam você.

2) Divulgue “seus peixes”

Uma rede puxa a outra. É interessante que os botões de todas as redes estejam bem visíveis e fáceis de acessar no site oficial da marca.

Nos perfis ligados à empresa, faça divulgações periódicas (1 vez por mês ou 1 vez por bimestre), constando o endereço das outras redes sociais oficiais.

No caso do Facebook e do Instagram, que pertencem à mesma empresa, você pode direcionar as fotos para o feed do Face de uma forma direta, proporcionando mais exposição e visibilidade.

3) Exibia o número de seguidores em alguns momentos

Uma boa estratégia para fazer auto propaganda e agradecer os seguidores é postar de forma criativa a conquista de um determino número de seguidores.

Por exemplo, se a sua conta atingir 100, 200, 1000, 2000 (sempre números fechados e impactantes), faça divulgação disso.

4) Retuíte ou repost conteúdos de outros perfis

A opção de retransmitir um tuíte ou foto, para Twitter e Instagram, é uma gentileza que é muito bem vista em redes sociais.

No Twitter isso pode ser feito com as interações de seguidores (mas não exagere!), e no Instagram, de fotos que tenham a ver com o seu ramo de negócio.

Dá para fazer isso também com a réplica de conteúdos interessantes de outros sites e blog (ou de parceiros do negócio), que possa interessar o seu público.

E de quebra, você ainda pode ter a gentileza retribuída, recebendo um retuíte ou repost também. Só não faça isso com a concorrência, é claro.

5) Promova interação por sorteios

É usual apostar em ferramentas que realizam sorteios pelas contas da empresa, e isso render muitos seguidores.

Se você trabalha diretamente com produtos, pode escolher um dos perfis para realizar o sorteio (aquele que você tem menos seguidores, por exemplo), e usar as outras para divulgar. Aí nesse caso, você pode sortear um dos seus produtos.

Mas você precisa saber que após o término do sorteio, pode haver a perda de alguns seguidores. Isso é normal e acontece em todos os casos. No final, o saldo é sempre positivo e por isso vale a pena.

Para quem trabalha com serviços, a mesma coisa. Você pode oferecer o serviço prestado pela empresa gratuitamente para o sorteado.

Listamos alguns sites que fazem a promoção de sorteios em redes sociais.

  • Sortei.mewww.apps.facebook.com/sorteie – é uma plataforma para realizar sorteios no Facebook. Ela permite com toda a facilidade que você crie seu sorteio editando as opções de data, título, descrição, regulamento, envio de imagem e também possibilitando ou não que a promoção seja exibida na Lista de Promoções do aplicativo, permitindo que qualquer um que curte página do Sorteie.me visualize a promoção e também possa participar, o que amplia a divulgação.
  • Yes! Ganheiwww.facebook.com/yesganhei - Também para Facebook. O Yes! Ganhei funciona de forma um pouco diferente e possui mais etapas para a participação. Além de curtir a fan page e permitir que o aplicativo tenha acesso a conta, o usuário precisa informar a localidade. O interessante é que o Yes! Ganhei disponibiliza opções mais avançadas para serem editadas na criação do evento, como escolher um número mínimo de compartilhamentos do sorteio, a localidade para qual a sua promoção é válida, dá informações mais detalhadas sobre frete, a quantidade de dias para reclamar o prêmios, além de opções pagas de divulgação no próprio aplicativo. A plataforma também informa ao usuário pelo e-mail cadastrado que ele está participando da promoção.
  • Agora pulsewww.agorapulse.com/pt – Também para Facebook. Ele cria aplicativos de quiz no Face, para quem quer testar os conhecimentos de seus seguidores. Há outra opção para concurso de fotos, sorteios diversos e até testes de personalidade. Com ele, você pode medir várias estatísticas na sua fan page, compará-las com as de seus concorrentes e ainda aplicar regras de moderação à sua página.
  • Sorteouwww.sorteou.com.br – É um site que gerencia sorteios feitos pelo Instagram. Nele dá para procurar sorteios por diferentes categorias, como roupas, serviços, cursos, viagens, restaurantes, entre outros. Para criar, é só fazer o cadastro, preencher o formulário e seguir as instruções.
  • Sorteia.euwww.sorteia.eu – Plataforma para sorteios no Twitter. O cadastro é fácil, e o usuário consegue visualizar um gráfico com a quantidade de cliques nas ultimas 24 horas, o número de retuítes e o alcance total.

6) Siga contas parecidas (ou não) com as suas

As redes sociais se tornaram verdadeiras comunidades, e para ganhar seguidores, é preciso ser um morador fiel. Isso significa interagir e participar mais do que simplesmente abarrotar as redes de conteúdo.

Siga contas de usuários relevantes, influenciadores digitais, marcas que tem a ver com o seu ramo de negócio, e também aquelas que não tem necessariamente a ver, mas que pode gerar uma boa relação (ou que o conteúdo possa interessar seu público também). Até mesmo seguir a concorrência não é mal visto, pelo contrário. Mostra cordialidade e simpatia (muitas marcas até interagem entre si nas redes – o que não significa promover).

Seguindo diferentes nichos, você passará a ver conteúdos mais interessantes e até se inspirar para criar os seus.

Mas também não exagere na quantidade de contas a seguir. De vez em quando, faça limpezas para ver que não agrega ao seu perfil.

Vale mais seguir poucas pessoas com atenção do que investir em quantidade. Seguir gente demais vai fazer com que o seu feed fique sobrecarregado e difícil de acompanhar.

7) Interaja com as contas:

A partir do momento que você começa a seguir diferentes perfis, sempre curta e/ou comente as fotos, tuítes e publicações. Além de ser legal da sua parte, outros usuários podem ver o seu nome ou comentário e irem até o seu perfil dar uma olhada.

Responda também aos comentários que fizerem sobre seus conteúdos, mesmo os negativos. Interagir com as pessoas que te seguem é essencial para manter uma base de seguidores. Além de responder aos comentários interessantes, não esqueça de agradecer pelos elogios. E se um deles fizer uma boa pergunta, prepare uma resposta à altura, mesmo que a resposta demore a ser apurada.

Se manter como um usuário ativo, pode render uma fonte constante de novos seguidores.

8)Faça perguntas aos seus seguidores

Essa é uma boa estratégia para atrair audiência e interação. Isso fará com que a sua seção de comentários fique mais ativa.

Uma pergunta criativa é uma oportunidade para que os seguidores falem com você.

Um exemplo?

Se você está falando de algo que as outras pessoas também possam ter passado por uma situação semelhante, peça que o seguidor “Compartilhe sua história nos comentários”. Esse é um jeito de chamar a atenção da comunidade.

9)Use hashtags famosas

Já falamos sobre o uso de hashtags em outro post.

Mas para reforçar, elas ajudam as pessoas a encontrarem o seu conteúdo, além de relacioná-la com tópicos em alta no momento.

A depender do seu nicho de mercado, pesquise quais são as hashtags mais usadas e inclua-as em suas publicações.

Para Facebook e Twitter, o ideal é usar 1 ou 2. No Instagram é mais livre… mas não exagere. 10 hashtags são suficientes.

10) Coloque geotags nas publicações 

Essa dica vale especialmente para o Instagram.

As pessoas têm interesse por fotos de lugares conhecidos.

Geotag é um recurso relacionado ao GPS, que permite adicionar coordenadas de onde as fotos foram tiradas.

Por exemplo, se você incluir uma foto tirada no Corcovado com a geotag “Corcovado”, elas ficarão registradas nessa geotag e qualquer pessoa que fizer uma busca pela geotag irá encontrar sua foto junto a todas as outras que também fizeram o mesmo.

Os usuários que postam fotos do mesmo local podem acabar vendo suas fotos e tornando-se novos seguidores.

11) Crie conteúdos únicos e interessantes

Procure escrever ou tirar fotos que atinjam o seu público-alvo. Se os usuários podem se identificar com as imagens que você faz, as chances de que eles se tornem seus seguidores serão maiores.

Invista na criatividade, no bom humor, e no que é tendência na internet no momento para chamar atenção.

12) Inclua legendas em cada foto postada no Instagram

Uma boa legenda é capaz de tornar uma foto comum em uma extraordinária. Da mesma forma que uma pode complementar a outra na composição da mensagem.

A legenda muitas vezes pode até mesmo chamar mais atenção que a foto.

Não poste fotos sem pensar nela.

13) Escolha a hora certa para postar.

Os feeds dos seus seguidores estão sendo constantemente atualizados, seja por ordem de aparição ou por relevância.

Se você quer atingir o maior público possível, é preciso postar as fotos nos horários certos.

De acordo com pesquisas, os dias mais movimentos no Facebook são terça e quarta-feira, com o pico de audiência ocorrendo na quarta-feira entre 11h e meio-dia. Nos fins de semana o movimento diminui.

No Twitter, a audiência é maior às terças entre 23h e 0h e às quartas entre 21h e 22h, com interação maior depois das 17h, caindo o movimento nos fins de semana.

O Instagram tem seu pico nas sextas-feiras entre 19h e 20h, mostrando um pouco das imagens dos internautas no momento do happy hour da sexta-feira, categorizando essa rede social com essa característica. Durante todo o final de semana a rede também é muito movimentada.

Percebe a relação? Quanto mais gente está nas redes sociais naquele momento, mais chance do seu conteúdo ser visto e replicado.

Por isso, procure não postar em horários aleatórios, pois isso pode diminuir o alcance – e inviabilizar a conquista de novos seguidores.

14) Otimize e organize suas postagens

Defina uma periodicidade para suas postagens, distribuídas ao longo da semana. Dessa forma, pode-se manter uma fonte constante de postagens, o que atrai mais seguidores e ajuda a manter os antigos.

Se você demorar muito entre uma postagem e outra, será difícil manter e atrair seguidores.

15) Observe a sua audiência

Uma boa dica também é observar o que tem dado certo na sua rede social. Veja quais são os conteúdos que são mais curtidos, comentados e/ou compartilhados, e tente ver o que pode ter ocasionado tamanha popularidade.

Foi o assunto? A legenda? A prestação de serviços no contexto?

“Em time que se ganha não se mexe”. A ideia é que você repita sempre o que está dando certo.

Se a sua foto mais curtida no Instagram por exemplo foi de uma criança usando o produto de forma engraçada, repita a ação algumas vezes. Isso pode gerar até uma ideia para concurso.

16) Em último caso, compre

Não é recomendável, mas também é possível contratar serviços para comprar seguidores.

O grande problema é que os seus seguidores não serão relevantes a sua rede (não vão curtir, não vão comentar… ou seja, não vão interagir), e desta forma não terá grandes resultados. Esta estratégia só vai servir para ganhar atenção de quem visitar o perfil pela primeira vez, e ter a impressão de que a conta é popular.

O que pode acontecer também (e não é nada legal), é quando os usuários percebem que se trata de um perfil com muitos seguidores mas sem comentários ou interação. Isso pode afastar a audiência.

Vamos listar algumas opções disponíveis na internet, com preços e planos diferentes.

  • Comprar Seguidoreswww.comprarseguidores.me – É um serviço exclusivo para compra de seguidores no Instagram. Eles deixam claro que os seguidores são verdadeiros, mas não são ativos (ou seja, pertencem a contas reais, mas sem qualquer tipo de atividade). 10 mil seguidores saem por 60 dólares. Há a opção também de comprar likes para as fotos: 500 likes por 40 dólares.
  • Volume Socialwww.volumesocial.com.br – Serviço que incorpora o Instagram, Twitter, Facebook e até as visualizações de vídeos no Youtube. Pelo menos é o que eles prometem, a preços mais acessíveis. 1000 seguidores no Twitter por exemplo sai a 19 reais, enquanto 500 curtidas na fan page do Facebook é vendido por 49 reais.
  • Suba.mewww.suba.me – Aqui há planos para Twitter, Instagram, Facebook, Periscope e Youtube. Promete que se o serviço não funcionar, devolve o seu investimento. No plano VIP de seguidores para Twitter por exemplo, é possível que seu perfil ganhe uma média de 3 a 20 mil novos seguidores a cada 30 dias, pagando uma quantia de 247 reais.
  • SocialStarwww.socialstar.com.br – A propaganda deles também se baseia na entrega de seguidores e curtidas de pessoas reais e autênticas do mundo todo. Para o Facebook, por exemplo, os planos são mais salgados. O mais barato, para 500 curtidas, custa 169 reais, com entrega em até 48 horas.

06_seguidores2

Agora: o que afasta

Não adianta nada você conquistar um bom número de seguidores se, com o tempo, eles forem embora.

E nas redes sociais, isso acontece de uma tal forma que é muito difícil recuperá-lo.

O seguidor vai te abandonar a partir do momento que ele perceber que não há mais sentido em continuar vendo seus conteúdos.

Por isso, listamos 3 motivos que você pode nem perceber, mas fazem muita diferença na hora de definir o unfollow por parte do usuário.

a) Ficar se promovendo

Esse é o principal.Existe uma “regra de boas condutas” em rede social que diz que você deve interagir 80% do seu tempo com seus seguidores, e apenas 20% para auto promoção.

Eu ainda acho que deva ser menos, em torno de 10 por cento.

Há quem diga ainda que a cada 10 postagens, 7 precisam ser de conteúdo, 2 de propaganda indireta e 1 de propaganda direta.

Pense nisso. Não é muito legal vermos muita propaganda nas redes sociais. Então, se você conseguir fazer isso de uma forma indireta, é melhor.

b) Não seguir de volta

Isso acontece muito no Instagram. Muitas pessoas vão te seguir esperando que você siga de volta.

Infelizmente não tem muito para onde fugir. Você deve considerar seguir de volta aqueles somente perfis de blogs ou empresas que são do mesmo interesse, como falamos antes.

Agora, seguir usuários comuns (clientes) não vale a pena. Nós já mencionamos anteriormente: isso só vai encher o seu feed de conteúdos que você não dará conta de interagir.

Uma outra opção que não costuma funcionar é seguir de volta, para depois de um tempo parar de seguir. Como existem ferramentas para descobrir quem deixou de te seguir (falaremos isso mais à frente), isso pode causar uma antipatia pelo seu seguidor. Como uma sensação de ter sido usado.

Isso também vale para quem acha que deve começar a seguir para ser seguido. Geralmente não funciona muito bem para o público em geral. É uma forma que marcas menores costumam usar para divulgação, mas para conseguir seguidores não dá muito certo com o passar do tempo.

c) Postar conteúdos idênticos

Se todas as suas contas postarem o mesmo conteúdo, não vai fazer sentido o mesmo usuário participar de todas elas.

Alguns dos seus seguidores podem perder o interesse pelo excesso de informação repetitiva, e isso pode levá-lo a perder os seus seguidores.

Aposte em conteúdos exclusivos para cada rede social.

Ferramentas para controle de quem entra e sai

Existem várias ferramentas que podem te ajudar a descobrir os seus seguidores e aqueles que não te seguem mais, e assim torna-se mais fácil de você gerenciar seu público e criar campanhas exclusivas.

  • Unfollow Today – App gratuito para Twitter, em que você pode conhecer seguidores em comum com outras contas, receber notificações de quando seguidores deixam de fazer parte da sua rede, gera listas, entre outros serviços.
  • Crowdfire – Esse aplicativo também é de graça e analisa contas do Instagram e Twitter. Nessa opção, dá para mandar uma DM (mensagem direta) automática para novos seguidores. Ele faz uma leitura de contas nas duas redes sociais, para gerar relatórios sobre as atividades dos seguidores.
  • Unfollowgramwww.unfollowgram.com – Essa é uma ferramenta que consegue identificar quem deixou de te seguir no Instagram, ver quem não te segue de volta, ver quem te segue e quem você não segue de volta. Dá para ser usado pelo site ou baixando o aplicativo.
  • Instafollow – App gratuito para gerenciar Instagram.  Tem basicamente a mesma função do anterior.
  • Follow Adder www.followadder.com – Este é um programa pago que faz um pouco mais que os dois anteriores. Com o Tweet Adder, podemos deixar tudo no piloto automático, desde a enviar uma mensagem de agradecimento para seu novo seguidor, retuitar um tuíte de algum blog escolhido, agendar um tuíte para ser enviado na hora e dia que quiser. Também pode deixar o programa configurado para procurar somente perfis de usuários relacionados com o seu nicho, por exemplo. Outra forma que podemos usar este programa é escolher um perfil e colocar o programa para seguir todos eles.

Para fechar

Não desista! Pode ser que o tempo que você espera que esses novos seguidores irão aparecer demore mais que o planejado.

O segredo é não desistir e continuar produzindo conteúdo. Uma estratégia ou outra pode até mudar, mas não deixe que nada o desanime.

Boa sorte!

Um comentário

  1. Olá, esse artigo é muito útil para quem usar apps promocionais como forma de marketing online e de aumento de vendas.

    Amei que vocês mencionaram o nome da AgoraPulse, sou Community Manager no Brasil e desde o ano passado temos o site todo em português, vocês poderiam alterar o link e acrescentar o “/pt” ?
    Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>